acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Comperj

Capacitação para 2 mil motoristas

18/07/2008 | 08h56

Convênio a ser firmado entre a Secretaria Estadual de Trabalho e Renda e o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) permitirá a capacitação de 2 mil motoristas que atuarão profissionalmente no transporte público coletivo e em apoio à área da construção civil na região do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj). O projeto, batizado Emprego Já, prevê a contratação imediata após o curso, que terá duração de 30 dias, com salário de R$ 1.200,00 além de outros benefícios.

 

A iniciativa do Governo do Estado para o Comperj tem apoio do Governo federal e da iniciativa privada. Motoristas receberão bolsas para qualificação social e profissional nas categorias D e E - para transporte coletivo - e B - para os que forem atuar na construção civil. A assinatura do acordo será na próxima quarta-feira, no Palácio Guanabara, em solenidade presidida pelo governador Sérgio C abral.

 

O Governo do Estado, segundo o secretário estadual de Trabalho e Renda, Ronald Azaro, foi informado recentemente, em reunião do Conselho Estadual de Emprego - na qual a Federação de Transporte do Rio de Janeiro (Fetranspor) integra a bancada dos empregadores -, de que havia 2 mil vagas para motoristas, não são preenchidas por falta de mão-de-obra qualificada.

 

"Com as novas regras do Departamento de Transportes, a massa de trabalhadores que ficar impossibilitada de atuar no transporte alternativo será capacitada para vagas no mercado formal", afirmou o secretário.

 

Todos os portadores de carteira nacional de habilitação (CNH) e maiores de 21 anos poderão disputar as vagas. O cadastramento será feito pela Secretaria de Estado e Renda, a partir de quarta-feira, logo a após a assinatura do convênio, por meio de call center especialmente aberto para este fim.

 

"Com esta medida, o governador atende a dois fatores de grande importância para a sociedade, emprego e transporte público. O Detro se une à Secretaria de Trabalho para levar a formalidade a 2 mil profissionais. Além disso, este contingente de mão-de-obra qualificada permitirá que as empresas integrem novos veículos a sua frota, melhorando a qualidade do transporte oferecido à população", explicou o presidente do Detro, Rogério Onofre.

 

Os detalhes para o cadastramento e o atendimento dos inscritos serão definidos pela Secretaria Estadual de Trabalho na próxima quarta-feira, quando será lançado o projeto. O secretário Ronald Azaro destacou também a importância dos cursos para a qualificação da mão-de-obra disponível no Estado do Rio.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar