acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Capacidade instalada de energia eólica no Brasil atinge 1GW

24/05/2011 | 09h14
Capacidade instalada de energia eólica no Brasil atinge 1GW
Capacidade instalada de energia eólica no Brasil atinge 1GW Capacidade instalada de energia eólica no Brasil atinge 1GW
A Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) comemorou ontem (23) a marca de 1 GW de potencia eólica instalada no país. 




Os geradores e os desenvolvedores de parques eólicos a partir desta etapa iniciarão a consolidação de uma fase de crescimento, que cada vez mais irá se acelerar.  

 

O total está distribuído entre os 50 empreendimentos em operação. Essa meta foi atingida com a entrada em operação do parque eólico Elebrás Cidreira 1, pertencente à associada EDP Energias do Brasil, localizado no município de Tramandaí (RS). Lá estão 31 aerogeradores fabricados pela Wobben WindPower,  com capacidade total de 70 MW. Com isto, de acordo com dados da ANEEL – Agencia Nacional de Energia Elétrica atualizados hoje sobre a capacidade de geração de energia do país, as usinas eólicas já respondem por quase 1% da energia outorgada. Veja os dados completos aqui.

 

Para o vice-presidente da ABEEólica, Lauro Fiúza, a marca de 1 GW instalado é um fecho importante do Proinfa - Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica, consolidando-se como fase importante da energia eólica no Brasil.

 

O Proinfa é um programa vitorioso para modalidade de geração elétrica, a partir da fonte eólica. Porém, para que se conclua este programa, ainda restam 12 parques com 453,5 MW.

 

A expectativa da ABEEólica é que a geração eólica represente 5,2 GW na matriz brasileira até 2013. O valor considera os resultados dos leilões de 2009 e 2010. Fiúza destacou que o Ministério de Minas e Energia e a Empresa de Pesquisa Energética têm sinalizado na direção de manter a participação das eólicas nos leilões. Com isso, a ABEEólica espera que, por ano, sejam licitados entre 2 mil MW e 2,5 mil MW eólicos. O executivo contou que a ABEEólica trabalha com a perspectivas da ordem de 10 GW de projetos inscritos e 7,5 GW habilitados para os leilões de reserva e fontes alternativas programados para acontecerem em julho.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar