acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia alternativa

Câmara analisa Projeto de Lei de estímulo ao uso de energias renováveis

04/08/2004 | 00h00

A Câmara dos Deputados vai analisar o Projeto de Lei 3831/04, que concede estímulos à geração de energia alternativa solar, térmica, eólica e fotovoltaica (baseada na propriedade eletroquímica que alguns materiais possuem de transformar a luz em eletricidade).
De autoria do deputado Carlos Nader (PFL-RJ), a proposta prevê: a adoção de medidas de aperfeiçoamento da tecnologia de produção; a redução do ICMS incidente sobre a saída dos painéis fotovoltaicos e outros conversores de energia alternativa; e a promoção de campanhas de esclarecimento ao público sobre as vantagens do uso desse tipo de energia.
Benefício ambiental - O autor da proposta ressalta os benefícios ambientais da energia elétrica alternativa e lamenta que o Brasil, apesar de possuir uma das maiores incidências de luz solar do mundo, seja um dos países que menos utilizam essa fonte de energia. “A energia solar é incomparável a qualquer outro sistema de energia convencional por tratar-se de uma fonte 100% natural, ecológica, gratuita, inesgotável e não agressora ao meio ambiente", afirma Nader.
O deputado informa ainda que vem crescendo, em vários países, a participação das fontes eólicas na engenharia de sistemas energéticos. A energia dos ventos, segundo ele, tem se destacado pelo reduzido impacto sobre o meio ambiente, por sua base tecnológica industrial e pela confiabilidade adquirida nos últimos vinte anos em que vem sendo largamente utilizada.
Tramitação - A proposta, que tramita em caráter conclusivo, está apensada ao PL 3259/04, do mesmo autor, que cria o Programa de Incentivo às Energias Renováveis. Os dois textos serão analisados pelas comissões de Minas e Energia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Fonte: Agência Câmara
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar