acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

Brazil Wind fecha contrato de R$405 milhões com GE para aquisição de aerogeradores

26/04/2012 | 15h55
A Brazil Wind, subsidiária da Brazil Energy, iniciou o processo de instalação do seu complexo de geração eólica de Guirapá, na Bahia, com a compra de 100 aerogeradores da GE Energy. No Leilão de Energia Reserva (LER) em 2011, a Brazil Wind comercializou energia proveniente de sete parques eólicos totalizando 150 MegaWatts de capacidade instalada, o que a tornou a maior vencedora do LER, responsável por 20% do volume total da energia negociada. Com o sucesso, a companhia adicionou ao seu portfólio contratos que juntos superam R$ 2,3 bilhões de faturamento ao longo de 20 anos de operação.

O fechamento do contrato com a GE possibilitará que a empresa instale os 150 MW de forma a atender o volume de energia negociado no último leilão. A conclusão da aquisição de aerogeradores representa uma etapa importante do plano estratégico da companhia, que tem o início da operação do complexo Guirapá previsto para Julho de 2014.

“Este é um movimento importante para o início da instalação do complexo Guirapá, pois permitirá a evolução em todas as outras frentes do projeto, sabendo que já fechamos com o principal fornecedor de todo processo, em excelentes condições comerciais e de escopo. A negociação com a GE foi fundamental para avançarmos na direção dos objetivos propostos”, disse Frederico A. Robalinho, diretor da Nova Investimentos, gestora da Brazil Wind.

O aerogerador da GE tem índice de nacionalização de 60%, em conformidade com a exigência do Agência Especial de Financiamento Industrial (Finame) / Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A GE é uma das maiores companhias fornecedora de turbinas deste setor. “Esse contrato é resultado dos nossos constantes investimentos em novas tecnologias. Recentemente anunciamos um acordo de entendimento para a construção de uma unidade de equipamentos eólicos na Bahia, iniciativa que nos deixará ainda mais próximos do cliente”, afirma Jean Claude Robert, líder de negócio para América Latina.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar