acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Petroquímica

Braskem lança resina de alto desempenho para mercado europeu

02/03/2006 | 00h00

A nova resina desenvolvida pelo Centro de Tecnologia e Inovação Braskem é um polietileno de alto peso molecular em pó e é destinada às indústrias de alimentos e automobilística. O produto, denominado Idealis, já está sendo exportado para a Europa.

“A boa aceitação do produto no exigente e concorrido mercado europeu reflete o esforço permanente da empresa em manter sua autonomia tecnológica, condição essencial para uma atuação diferenciada em um mercado globalizado e cada vez mais competitivo”, afirma Luiz de Mendonça, vice-presidente responsável pela Unidade de Poliolefinas da Braskem.

O mercado potencial para a nova resina é avaliado em US$ 50 milhões. Inicialmente será exportado apenas para a Europa, no entanto a empresa afirma que o produto tem alto poder de aceitação no mercado asiático. A Idealis foi desenvolvida exclusivamente para o mercado internacional e, conseqüentemente, contribuirá para o melhor desempenho da balança comercial brasileira.

A Braskem informa, em nota, que a Idealis segue pelo mesmo caminho do plástico de engenharia conhecido mundialmente como UTEC® – polietileno de ultra-alto peso molecular, produzido na América Latina unicamente pela Braskem, que desenvolveu tecnologia própria e é o seu segundo maior produtor mundial.

"Por ser extremamente resistente, o UTEC® pode ser usado em uma ampla gama de aplicações que vão desde guias para correias transportadoras de bebidas a defensas navais para portos.  É também matéria-prima para a fabricação de próteses, coletes a prova de balas, separadores de baterias de automóveis e revestimento de silos de minérios entre outras aplicações", informa a companhia.

O Centro de Tecnologia e Inovação Braskem, localizado em Triunfo/RS, é considerado o mais completo e bem equipado complexo de pesquisa e desenvolvimento da indústria petroquímica na América Latina. Com ativos tecnológicos avaliados em mais de R$ 320 milhões, distribuídos em sete plantas-piloto e 11 laboratórios, o centro possui uma equipe altamente qualificada e especializada, formada por mais de 170 pesquisadores e técnicos.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar