acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Braskem Idesa recebe US$ 1,5 bilhão de financiamento no México

06/08/2013 | 09h39

 

A Braskem Idesa, joint venture responsável pelo projeto petroquímico em construção no México, recebeu, no fim de julho, aproximadamente US$ 1,5 bilhão do saque da primeira parcela do Project Finance, no valor total de US$ 3,2 bilhões. Os valores asseguram a continuidade da construção do mais moderno complexo petroquímico integrado de produção de eteno e polietileno das Américas, de base gás. Adicionalmente, o desembolso permite a devolução dos montantes antecipados pelos acionistas controladores da joint venture.
 
A operação foi estruturada por sete instituições financeiras âncoras, das quais duas agências multilaterais (IFC e BID), duas agências de exportação (EDC - Canadá e SACE - Itália), e três bancos de fomento (BNDES - Brasil e Bancomext / Nafinsa - México). Além dos financiadores âncoras, 10 bancos comerciais também tiveram participação do financiamento, tendo o banco Sumitomo como assessor financeiro exclusivo da operação.
 
Juntamente com a Idesa, a Braskem está construindo um complexo petroquímico integrado com capacidade de produção de 1,05 milhão de toneladas por ano de polietileno, além de um volume equivalente da matéria-prima eteno, na região de Coatzacoalcos, no estado de Veracruz. O complexo tem valor estratégico ao fortalecer a indústria mexicana, em substituição às importações de resinas. Durante sua fase de construção, o empreendimento deverá gerar de 10 mil a 12 mil empregos. Com o início das operações em 2015, estão previstos cerca de 3 mil empregos, diretos e indiretos.
 
A Braskem Idesa já começou a receber os primeiros equipamentos. Em maio, cinco grandes tanques, dos quais dois dele de etano, com mais de 85 metros de comprimento e aproximadamente 550 toneladas de peso, chegaram ao site. Além disso, outros equipamentos, como reatores, silos e caldeiras, também já foram entregues por fornecedores.
 
Pool de bancos envolvidos no Project Finance:
- Nacional Financiera, do México (NAFIN), México
- Banco Nacional de Comércio Exterior do México (Bancomext), México
- SACE Agência de Credito de Exportação, Itália
- Export Development Canada (EDC), Canadá
- Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
- International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial
- Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Brasil

A Braskem Idesa, joint venture responsável pelo projeto petroquímico em construção no México, recebeu, no fim de julho, aproximadamente US$ 1,5 bilhão do saque da primeira parcela do Project Finance, no valor total de US$ 3,2 bilhões. Os valores asseguram a continuidade da construção do mais moderno complexo petroquímico integrado de produção de eteno e polietileno das Américas, de base gás. Adicionalmente, o desembolso permite a devolução dos montantes antecipados pelos acionistas controladores da joint venture. A operação foi estruturada por sete instituições financeiras âncoras, das quais duas agências multilaterais (IFC e BID), duas agências de exportação (EDC - Canadá e SACE - Itália), e três bancos de fomento (BNDES - Brasil e Bancomext / Nafinsa - México). Além dos financiadores âncoras, 10 bancos comerciais também tiveram participação do financiamento, tendo o banco Sumitomo como assessor financeiro exclusivo da operação. 

 

Juntamente com a Idesa, a Braskem está construindo um complexo petroquímico integrado com capacidade de produção de 1,05 milhão de toneladas por ano de polietileno, além de um volume equivalente da matéria-prima eteno, na região de Coatzacoalcos, no estado de Veracruz. O complexo tem valor estratégico ao fortalecer a indústria mexicana, em substituição às importações de resinas. Durante sua fase de construção, o empreendimento deverá gerar de 10 mil a 12 mil empregos. Com o início das operações em 2015, estão previstos cerca de 3 mil empregos, diretos e indiretos. 

 

A Braskem Idesa já começou a receber os primeiros equipamentos. Em maio, cinco grandes tanques, dos quais dois dele de etano, com mais de 85 metros de comprimento e aproximadamente 550 toneladas de peso, chegaram ao site. Além disso, outros equipamentos, como reatores, silos e caldeiras, também já foram entregues por fornecedores. 

 

Pool de bancos envolvidos no Project Finance:


- Nacional Financiera, do México (NAFIN), México

- Banco Nacional de Comércio Exterior do México (Bancomext), México

- SACE Agência de Credito de Exportação, Itália- Export Development Canada (EDC), Canadá

- Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)

- International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial

- Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Brasil

 



Fonte: Redação/ Ascom Braskem
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar