acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Braskem adere à plataforma das Nações Unidas para indústrias mais sustentáveis

20/06/2013 | 12h24

 

A Braskem é a primeira empresa brasileira a aderir à “Green Industry Platform”, inciativa da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido) e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. O anúncio aconteceu durante a conferência “Challenges to Sustainable Development and International Cooperation in Middle-Income Countries” realizada pela Unido e pelo governo da Costa Rica, na última semana, em San José.
A plataforma tem o objetivo de incentivar e disseminar as inciativas ambientais, climáticas e sociais nas operações de empresas em todo o mundo. Ela integra companhias, governo e sociedade civil em um trabalho coordenado capaz de estimular o surgimento de indústrias mais verdes e políticas globais que apoiem o desenvolvimento sustentável. A Braskem é a quinta empresa química do mundo a aderir ao grupo.
“O objetivo da plataforma está completamente alinhado com o comprometimento da Braskem com as pessoas e o meio ambiente. Buscar o desenvolvimento econômico, usando recursos de maneira mais eficiente, nos possibilita contribuir diretamente na aceleração do progresso para um desenvolvimento sustentável”, afirma Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem.
De acordo com Heinz Leuenberger, diretor de gestão ambiental da Unido, a participação ativa da Braskem vai agregar muito ao movimento. “Estamos ansiosos pela adesão da Braskem e pela concretização dos projetos e colaborações que vão surgir com essa parceria”, destaca.
Em maio deste ano, a empresa foi a primeira do seu setor no Brasil a tornar pública a Pegada de Carbono de seus produtos, com a divulgação dos dados de emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE) das resinas polipropileno, polietileno - baixa densidade, baixa densidade linear e alta densidade, e PVC.
Também neste ano, a Braskem foi incluída no Dow Jones Sustainability Emerging Markets Index, o índice de sustentabilidade de países emergentes da Bolsa de Nova York.

A Braskem é a primeira empresa brasileira a aderir à “Green Industry Platform”, inciativa da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido) e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. O anúncio aconteceu durante a conferência “Challenges to Sustainable Development and International Cooperation in Middle-Income Countries” realizada pela Unido e pelo governo da Costa Rica, na última semana, em San José.


A plataforma tem o objetivo de incentivar e disseminar as inciativas ambientais, climáticas e sociais nas operações de empresas em todo o mundo. Ela integra companhias, governo e sociedade civil em um trabalho coordenado capaz de estimular o surgimento de indústrias mais verdes e políticas globais que apoiem o desenvolvimento sustentável. A Braskem é a quinta empresa química do mundo a aderir ao grupo.


“O objetivo da plataforma está completamente alinhado com o comprometimento da Braskem com as pessoas e o meio ambiente. Buscar o desenvolvimento econômico, usando recursos de maneira mais eficiente, nos possibilita contribuir diretamente na aceleração do progresso para um desenvolvimento sustentável”, afirma Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem.


De acordo com Heinz Leuenberger, diretor de gestão ambiental da Unido, a participação ativa da Braskem vai agregar muito ao movimento. “Estamos ansiosos pela adesão da Braskem e pela concretização dos projetos e colaborações que vão surgir com essa parceria”, destaca.


Em maio deste ano, a empresa foi a primeira do seu setor no Brasil a tornar pública a Pegada de Carbono de seus produtos, com a divulgação dos dados de emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE) das resinas polipropileno, polietileno - baixa densidade, baixa densidade linear e alta densidade, e PVC.


Também neste ano, a Braskem foi incluída no Dow Jones Sustainability Emerging Markets Index, o índice de sustentabilidade de países emergentes da Bolsa de Nova York.

 



Fonte: Ascom Braskem
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar