acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Crise Nuclear no Japão

Brasil seguirá protocolos internacionais de energia nuclear, diz Mercadante

17/03/2011 | 17h05
O ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, afirmou nesta quinta-feira (17) que o governo acompanha a crise nuclear no Japão para reavaliar o Programa Nuclear Brasileiro. Segundo ele ainda não é hora de tomar medidas sem uma análise mais rigorosa, mas adiantou que o país seguirá todos os protocolos internacionais relacionados à energia nuclear.


Ele avaliou que tais protocolos deverão exigir mais rigor nas atividades nucleares a partir da atual crise nucelar do Japão.


O ministro disse que o governo ainda não discute mudanças no plano de expansão da matriz nuclear brasileira, mas está atento às eventuais mudanças em protocolos de segurança. "Vamos aguardar os desdobramentos, mas uma coisa é certa: vamos adotar todos os protocolos internacionais, que provavelmente ficarão muito mais rigorosos", apontou.


“O Brasil não tem fronteira de placa tectônica e nem temos terremotos, tsunamis ou maremotos que têm no Japão. Temos é chuvas, inundações e desmoronamentos, como já aconteceram em Angra dos Reis”, indicou Mercadante.


O ministro participou de assinatura de acordo de cooperação entre a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), hoje, no Rio.


Também presente ao evento, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, afirmou que no momento não há maior preocupação com problemas de suprimento enfrentados pelo setor eletrônico e automotivo devido à catástrofe no Japão. "As empresas têm estoque e a expectativa é que isso possa suprir a oferta", afirmou.









Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar