acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Parceria

Brasil e Venezuela adotarão medidas para incentivar indústria

20/08/2013 | 10h01
Brasil e Venezuela adotarão medidas para incentivar indústria
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Brasil, Fernando Pimentel Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Brasil, Fernando Pimentel

 

Os ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Brasil, Fernando Pimentel, e da Venezuela, Ricardo Menéndez, se reuniram ontem (19) à noite em Caracas, capital venezuelana. Na conversa, os ministros definiram que serão adotadas medidas de estímulo, observando as necessidades do Norte do Brasil e da Venezuela, incentivando as indústrias dos dois países. Também participaram o governador do Amazonas, Omar Aziz, e representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).
Menéndez disse que a primeira proposta determina a produção entre Venezuela e Brasil para atender as demandas locais, aproveitando as habilidades das indústrias dos dois países. Também foi analisada a possibilidade de desenvolvimento de parques industriais e áreas econômicas.
Em nota, o Ministério das Indústrias da Venezuela informou que o objetivo da reunião é colocar em prática meta definida pelo presidente Hugo Chávez, que morreu em março, para desenvolver as potencialidades do Mercosul. A ideia é valorizar a área industrial de Manaus e as demandas de consumo do Norte do Brasil usando as habilidades da Venezuela.
“Estamos avaliando várias experiências existentes no mundo para ajustá-las à nossa situação e na construção da democracia econômica com socialismo”, ressaltou Menéndez, que reiterou que o governo do presidente Nicolás Maduro convidou empresários brasileiros para instalarem companhias em território venezuelano.

Os ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Brasil, Fernando Pimentel, e da Venezuela, Ricardo Menéndez, se reuniram ontem (19) à noite em Caracas, capital venezuelana. Na conversa, os ministros definiram que serão adotadas medidas de estímulo, observando as necessidades do Norte do Brasil e da Venezuela, incentivando as indústrias dos dois países. Também participaram o governador do Amazonas, Omar Aziz, e representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).


Menéndez disse que a primeira proposta determina a produção entre Venezuela e Brasil para atender as demandas locais, aproveitando as habilidades das indústrias dos dois países. Também foi analisada a possibilidade de desenvolvimento de parques industriais e áreas econômicas.


Em nota, o Ministério das Indústrias da Venezuela informou que o objetivo da reunião é colocar em prática meta definida pelo presidente Hugo Chávez, que morreu em março, para desenvolver as potencialidades do Mercosul. A ideia é valorizar a área industrial de Manaus e as demandas de consumo do Norte do Brasil usando as habilidades da Venezuela.


“Estamos avaliando várias experiências existentes no mundo para ajustá-las à nossa situação e na construção da democracia econômica com socialismo”, ressaltou Menéndez, que reiterou que o governo do presidente Nicolás Maduro convidou empresários brasileiros para instalarem companhias em território venezuelano.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar