acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Brasil deve investir na energia solar distribuída

17/02/2014 | 12h08

 

O engenheiro florestal e consultor para florestas e clima do Ministério do Meio Ambiente, Tasso Azevedo, aposta na energia solar fotovoltaica distribuída como uma alternativa às térmicas, e até mesmo à nossa fonte mais tradicional. No Brasil, o acionamento recorrente das usinas térmicas acarretou em um aumento de quase 500% nas emissões de gases efeito estufa do setor elétrico, segundo o especialista.
Segundo os cálculos do especialista ouvido pela 'exame.com', as emissões da energia gerada e distribuída por meio do Sistema Integrado Nacional (SIN) saltaram de 10,7 milhões de tCO2 (tonelada equivalente de CO2) em 2009 - quando foi instituída a Política Nacional sobre a Mudança do Clima - para 51 milhões tCO2 em 2013.

O engenheiro florestal e consultor para florestas e clima do Ministério do Meio Ambiente, Tasso Azevedo, aposta na energia solar fotovoltaica distribuída como uma alternativa às térmicas, e até mesmo à nossa fonte mais tradicional. No Brasil, o acionamento recorrente das usinas térmicas acarretou em um aumento de quase 500% nas emissões de gases efeito estufa do setor elétrico, segundo o especialista.

Segundo os cálculos do especialista ouvido pela 'exame.com', as emissões da energia gerada e distribuída por meio do Sistema Integrado Nacional (SIN) saltaram de 10,7 milhões de tCO2 (tonelada equivalente de CO2) em 2009 - quando foi instituída a Política Nacional sobre a Mudança do Clima - para 51 milhões tCO2 em 2013.

Leia mais em: www.tnsustentavel.com.br

 



Fonte: TN Sustentável
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar