acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria naval

Brasil constrói navios para a Namíbia

23/02/2005 | 00h00

O estaleiro Indústria Naval do Ceará (Inace) foi contratado pela Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron), da Marinha do Brasil, para a construção de cinco embarcações militares para a Namíbia. O valor do contrato entre Emgepron e a Namíbia é de aproximadamente US$ 30 milhões e o financiamento foi feito pelo governo do país africano segundo um cronograma de pagamentos já iniciado com prazo de duração de até quatro anos.
Nesta sexta-feira (25/02), em Fortaleza (CE), será feito o batimento de quilha da primeira embarcação a ser construída, o navio-patrulha "Ns Brendan Simbwaye". Durante a cerimônia estarão presentes os ministros da Defesa dos dois países, os comandantes da Marinha do Brasil e da Namíbia e os diretores-presidentes da Engepron e do Inace. As outras quatro embarcações são lanchas-patrulha.
O contrato completo envolve a construção dos navios, apoio logístico e treinamento para os operadores namibianos. O índice de nacionalização é de 80%, com a geração de 170 empregos diretos e 340 indiretos no Brasil.
Segundo o departamento de fomento da Marinha do Brasil, "a utilização de um estaleiro nacional para a realização da construção, além de manter em atividade o setor de construção naval, gera novos empregos, aperfeiçoa o conhecimento tecnológico existente, contribui para a geração de divisas e abre perspectivas ao País de participar no mercado mundial de construção naval".



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar