acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Suprimento

BR Aviation vendeu mais combustível de aviação durante a Copa do Mundo

07/08/2014 | 09h16
BR Aviation vendeu mais combustível de aviação durante a Copa do Mundo
Agência Petrobras Agência Petrobras

 

O sucesso da Copa do Mundo 2014 contou com uma participação fundamental da BR Aviation, marca comercial da Gerência de Produtos de Aviação (GPA) da Petrobras Distribuidora. Com um plano de ação com foco em suprimento, equipamentos e pessoal qualificado, a gerência assegurou o abastecimento de 103.194 voos em aeroportos por todo o país, além de mais 2 mil voos extras (charters, autorizados um a um), o que exigiu flexibilidade e disponibilidade de pessoas e equipamentos para atendimento. No balanço final, registrou-se um acréscimo de 6,5% de volume de combustíveis vendidos pela Petrobras Distribuidora no segmento em relação ao mesmo período de 2013. 
Todos os aeroportos coordenados pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) e Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) foram mapeados quanto à criticidade de suprimento, sendo adotadas ações contingenciais envolvendo toda a cadeia de suprimento, incluindo o reforço da capacidade de estocagem. Além disso, foram realizados investimentos na ampliação da capacidade operacional, modernizando e construindo novas instalações e na renovação da frota de Unidades Abastecedoras de Aeronaves (UAAs). De 2010 a 2014 foram adquiridas 199 unidades, das quais 48 sendo alocadas em aeroportos que sediaram jogos da Copa do Mundo.

O sucesso da Copa do Mundo 2014 contou com uma participação fundamental da BR Aviation, marca comercial da Gerência de Produtos de Aviação (GPA) da Petrobras Distribuidora.

Com um plano de ação com foco em suprimento, equipamentos e pessoal qualificado, a gerência assegurou o abastecimento de 103.194 voos em aeroportos por todo o país, além de mais 2 mil voos extras (charters, autorizados um a um), o que exigiu flexibilidade e disponibilidade de pessoas e equipamentos para atendimento.

No balanço final, registrou-se um acréscimo de 6,5% de volume de combustíveis vendidos pela Petrobras Distribuidora no segmento em relação ao mesmo período de 2013. 

Todos os aeroportos coordenados pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) e Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) foram mapeados quanto à criticidade de suprimento, sendo adotadas ações contingenciais envolvendo toda a cadeia de suprimento, incluindo o reforço da capacidade de estocagem.

Além disso, foram realizados investimentos na ampliação da capacidade operacional, modernizando e construindo novas instalações e na renovação da frota de Unidades Abastecedoras de Aeronaves (UAAs).

De 2010 a 2014 foram adquiridas 199 unidades, das quais 48 sendo alocadas em aeroportos que sediaram jogos da Copa do Mundo.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar