acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Noruega

BP inicia produção no campo de Skarv

02/01/2013 | 09h36

 

A petrolífera britânica BP comunicou nesta quarta-feira o início na produção no campo de Skarv, no Mar da Noruega. A empresa espera explorar 125 mil barris de óleo equivalente por dia nos primeiros seis meses de atividade.
A produção máxima por dia é esperada em 165 mil barris de petróleo equivalente até o fim do ano.
O desenvolvimento do campo inclui uma plataforma flutuante, cinco modelos de perfuração submarina e uma tubulação de gás de 80 quilômetros, conectada ao sistema de transporte que permitirá exportações à Europa.
O campo está a cerca de 210 quilômetros a oeste da costa da Noruega, a uma profundidade de 350 a 450 metros. Descoberto em 1998, possui reservas estimadas em 100 milhões de barris de óleo e condensados e 1,5 trilhão de metros cúbicos de gás.
A BP Noruega opera o campo, com participação de 23,84% no projeto. Os parceiros são Statoil (36,17%), E.ON Exploração e Produção Noruega (28,08%) e PGNiG Noruega (11,92%).

A petrolífera britânica BP comunicou nesta quarta-feira o início na produção no campo de Skarv, no Mar da Noruega. A empresa espera explorar 125 mil barris de óleo equivalente por dia nos primeiros seis meses de atividade. A produção máxima por dia esperada é de 165 mil barris de petróleo equivalente até o fim do ano.

O desenvolvimento do campo inclui uma plataforma flutuante, cinco modelos de perfuração submarina e uma tubulação de gás de 80 quilômetros, conectada ao sistema de transporte que permitirá exportações à Europa.


O campo está a cerca de 210 quilômetros a oeste da costa da Noruega, a uma profundidade de 350 a 450 metros. Descoberto em 1998, possui reservas estimadas em 100 milhões de barris de óleo e condensados e 1,5 trilhão de metros cúbicos de gás. A BP Noruega opera o campo, com participação de 23,84% no projeto. Os parceiros são Statoil (36,17%), E.ON Exploração e Produção Noruega (28,08%) e PGNiG Noruega (11,92%).

 



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar