acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

BNDES e BNB aprovam R$ 900 mi para Renova

05/01/2011 | 09h26
Uma das mais novas empresas do setor elétrico a abrir capital, a Renova Energia, continua a expansão de suas operações. Ontem, a empresa obteve a aprovação de financiamento para seus 14 parques eólicos contratados no 2º leilão de energia de reserva, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em dezembro de 2009.


O volume financiado alcança R$ 904,6 milhões e representa cerca de 77% do total de investimentos previstos nestes projetos, cerca de R$ 1,1 bilhão. O acordo ocorreu junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e ao Banco do Nordeste (BNB).


Os parques contemplados pelo banco de fomento federal são: Pajeú do Vento, Planaltina, Porto Seguro, Nossa Senhora da Conceição, Guirapá, Serra do Salto, Guanambi, Alvorada e Rio Verde. A diretoria do BNDES aprovou a liberação de R$ 588,9 milhões. O volume representa 74% do total dos investimentos nos nove projetos, que totalizam 195,2 megawatts (MW) de capacidade.


Os demais cinco parques da Renova Energia contratados no mesmo leilão receberam a aprovação da diretoria do Banco do Nordeste. O volume financiado é de R$ 315,7 milhões, sendo que R$ 183,7 milhões referem-se à linha de crédito FNE Verde e os demais R$ 132,0 milhões ao repasse da linha PSI-Finame do BNDES, correspondendo na totalidade a cerca de 80% do total dos investimentos previstos nestes parques. A capacidade desses projetos é de 99,2 MW. Segundo a Renova todas as turbinas serão da GE.


Fonte: DCI
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar