acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
P,D&I

BG Brasil, SENAI Cimatec e EMBRAPII lançam o veículo autônomo submarino FlatFish

07/12/2015 | 10h48
BG Brasil, SENAI Cimatec e EMBRAPII lançam o veículo autônomo submarino FlatFish
BG Brasil BG Brasil

 

O FlatFish, veículo autônomo submarino desenvolvido pela BG Brasil e o SENAI Cimatec, foi apresentado ao público na tarde desta sexta-feira (4/12), em Salvador, na Bahia. Com investimento total de R$30 milhões realizado pela BG Brasil, SENAI Cimatec, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), com apoio da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), este é o primeiro protótipo do tipo desenvolvido no Brasil e será utilizado para inspeção visual em 3D de alta resolução, contribuindo na exploração de petróleo e gás em águas profundas, com redução de custos de operação, garantindo maior segurança operacional e ao meio ambiente.
 
A cerimônia contou com a presença da Diretora-Geral da ANP, Magda Chambriard, do Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Manoel Mendonça, e do Cônsul Geral Britânico do Rio de Janeiro, Jonathan Dunn, além de representantes das empresas parceiras no projeto. 
 
“A tecnologia que foi desenvolvida para criação do FlatFish irá contribuir para manter o setor offshore brasileiro na vanguarda do mercado mundial. O projeto faz parte de um programa significativo de pesquisa, desenvolvimento e inovação que a BG Brasil vem concretizando e que traz resultados duradouros para o setor de óleo e gás”, afirmou Nelson Silva, CEO BG América do Sul.
 
“O FlatFish é um projeto estratégico para o SENAI Cimatec. Além do seu elevado porte e do desafio tecnológico, representa a consolidação do BIR - Instituto Brasileiro de Robótica, parte integrante com Campus Cimatec, que tem como foco P&D&I em robótica autônoma. Ressalto também a parceria estratégica com o DFKI - Instituto alemão de robótica e inteligência artificial, parceiro fundamental nesta consolidação, posicionando o SENAI Cimatec como um dos principais centros de pesquisa na área de robótica no país”, afirmou o diretor de tecnologia e inovação do SENAI Cimatec, Leone Andrade.
 
“A EMBRAPII recebe com satisfação o resultado desse projeto em parceria com a BG Brasil. O novo robô significa extraordinária evolução tecnológica com diminuição de riscos ao trabalhador que opera em águas profundas e mais proteção ao meio ambiente. Estamos certos que esse é só o começo de muitas outras parcerias que desenvolveremos junto à BG Brasil e a Cimatec”, destacou o diretor-presidente da EMBRAPII, Jorge Guimarães.
 
O FlatFish residirá em uma estação submarina, eliminando a necessidade de barcos de apoio. O operador será capaz de estabelecer uma missão de inspeção remotamente da superfície. O veículo realizará o planejamento e a execução da missão de forma autônoma, saindo da estação submarina, coletando os dados de inspeção e enviando-os para o operador na superfície.
 
“Os testes em offshore com o FlatFish, realizados aqui na Bahia, são um marco fundamental  para o desenvolvimento de uma nova tecnologia de inspeção submarina. Além de garantir a integridade submarina, estima-se os custos deste tipo de operação sejam reduzidos de 30% a 50%, eliminando a necessidade de um especialista e utilização de barcos de apoio”, ressaltou Adam Hillier, CTO BG Group.
 
O FlatFish é o resultado de um projeto desenvolvido desde o fim de 2013 pela BG Brasil e o SENAI Cimatec, com apoio da EMBRAPII, do Instituto Alemão de Robótica e Inteligência  Artificial (DFKI) e da ANP. O projeto contou com uma equipe formada por 18 pesquisadores brasileiros. 

O FlatFish, veículo autônomo submarino desenvolvido pela BG Brasil e o SENAI Cimatec, foi apresentado ao público na tarde desta sexta-feira (4/12), em Salvador, na Bahia. Com investimento total de R$30 milhões realizado pela BG Brasil, SENAI Cimatec, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), com apoio da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), este é o primeiro protótipo do tipo desenvolvido no Brasil e será utilizado para inspeção visual em 3D de alta resolução, contribuindo na exploração de petróleo e gás em águas profundas, com redução de custos de operação, garantindo maior segurança operacional e ao meio ambiente. 

A cerimônia contou com a presença da Diretora-Geral da ANP, Magda Chambriard, do Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Manoel Mendonça, e do Cônsul Geral Britânico do Rio de Janeiro, Jonathan Dunn, além de representantes das empresas parceiras no projeto. “A tecnologia que foi desenvolvida para criação do FlatFish irá contribuir para manter o setor offshore brasileiro na vanguarda do mercado mundial. O projeto faz parte de um programa significativo de pesquisa, desenvolvimento e inovação que a BG Brasil vem concretizando e que traz resultados duradouros para o setor de óleo e gás”, afirmou Nelson Silva, CEO BG América do Sul. “O FlatFish é um projeto estratégico para o SENAI Cimatec. Além do seu elevado porte e do desafio tecnológico, representa a consolidação do BIR - Instituto Brasileiro de Robótica, parte integrante com Campus Cimatec, que tem como foco P&D&I em robótica autônoma. Ressalto também a parceria estratégica com o DFKI - Instituto alemão de robótica e inteligência artificial, parceiro fundamental nesta consolidação, posicionando o SENAI Cimatec como um dos principais centros de pesquisa na área de robótica no país”, afirmou o diretor de tecnologia e inovação do SENAI Cimatec, Leone Andrade. “A EMBRAPII recebe com satisfação o resultado desse projeto em parceria com a BG Brasil. O novo robô significa extraordinária evolução tecnológica com diminuição de riscos ao trabalhador que opera em águas profundas e mais proteção ao meio ambiente. Estamos certos que esse é só o começo de muitas outras parcerias que desenvolveremos junto à BG Brasil e a Cimatec”, destacou o diretor-presidente da EMBRAPII, Jorge Guimarães. 

O FlatFish residirá em uma estação submarina, eliminando a necessidade de barcos de apoio. O operador será capaz de estabelecer uma missão de inspeção remotamente da superfície. O veículo realizará o planejamento e a execução da missão de forma autônoma, saindo da estação submarina, coletando os dados de inspeção e enviando-os para o operador na superfície. “Os testes em offshore com o FlatFish, realizados aqui na Bahia, são um marco fundamental  para o desenvolvimento de uma nova tecnologia de inspeção submarina. Além de garantir a integridade submarina, estima-se os custos deste tipo de operação sejam reduzidos de 30% a 50%, eliminando a necessidade de um especialista e utilização de barcos de apoio”, ressaltou Adam Hillier, CTO BG Group. O FlatFish é o resultado de um projeto desenvolvido desde o fim de 2013 pela BG Brasil e o SENAI Cimatec, com apoio da EMBRAPII, do Instituto Alemão de Robótica e Inteligência  Artificial (DFKI) e da ANP. O projeto contou com uma equipe formada por 18 pesquisadores brasileiros. 

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar