acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria Naval

Base da Petrobras em campo vai sair do papel

28/07/2014 | 16h33

Principal investimento aguardado por Santos e região no setor de petróleo e gás, a base de apoio às atividades offshore (alto-mar) da Petrobras está próxima de sair do papel. A estatal revelou, por meio da assessoria de imprensa, que a assinatura de contratação dos dois berços de atracação no Porto de Santos está prevista para o final deste ano.

Mesmo sem divulgar as condições impostas, a Petrobras afirma ter convidado para a licitação operadores logísticos com experiência em movimentação de volumes compatíveis com a atividade offshore. A Tribuna apurou com um empresário do setor que grandes empresas do ramo portuário apresentaram propostas.

“Não foi nada direcionado para convidados. As empresas já entregaram as propostas e estão aguardando o resultado. Somente quem está no porto organizado (instalações portuárias sob jurisdição da Codesp) pode participar”, disse o empresário, que não quis ser identificado.

De acordo com a Petrobras, o primeiro berço de atracação tem previsão para entrar em operação no segundo semestre de 2015. A segunda unidade inicia suas atividades no segundo semestre de 2016.
Nos espaços contratados, a estatal fará carregamento e descarregamento de suprimentos para as plataformas da Bacia de Santos, que estão distantes cerca de 300 quilômetros da costa. A operação será em esquema 24 horas por dia, sete dias por semana.

Principal operadora do setor no Brasil, a Petrobras concentra em Santos a sua Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Santos (UO-BS). Hoje, espalhada em sete edifícios no município, a estatal está próxima de inaugurar a primeira das três torres no Valongo. A expectativa é que a mudança se inicie em outubro. Os outros dois prédios ainda não têm data para início das obras.



Fonte: A Tribuna
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar