acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preço

Barril abaixo dos US$ 40, prever o banco Goldman Sachs

11/07/2017 | 11h41

O Goldman Sachs avaliou que o petróleo cairá para abaixo de US 40 caso a Opep não adote já um corte forte na produção dos países membros e se os investidores não obtiverem um direcionamento claro que os leve a retomar a compra da commodity.

O banco de investimento acredita que os preços do petróleo só não irá diminuir quando os comerciantes/compradores identificarem pelo menos uma das duas coisas: uma intervenção adicional da Opep ou uma queda consistente nas reservas de petróleo bruto dos EUA e no número de plataformas que operam nos campos americanos.

"O fracasso dessas mudanças levará em breve a impulsionar o preço para abaixo de US$ 40 o barril à medida que o mercado perceber a não reação da Opep e do shale americano", analistas do Goldman escreveram em uma nota de pesquisa: "É importante ressaltar que não esperamos que essa mudança seja volátil, pois não é impulsionada por preocupações de armazenamento como o ano passado ... mas na busca contínua por um novo equilíbrio".

O banco na semana passada revisou seu objetivo de preço de três meses em petróleo bruto de US$ 47,50, abaixo de uma previsão anterior de US$ 55 por barril. Na terça-feira, o petróleo bruto intermediário do Oeste dos EUA estava sendo negociado a cerca de US$ 44, em comparação com uma baixa recente de cerca de US$ 42.

"Continuamos a acreditar que há uma outra oportunidade para a Opep aumentar os cortes de forma consistente e duradoura", disse o Goldman.

 

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar