acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
São Paulo

Banco Mundial participa do Gas Summit para divulgar GGFR

26/04/2007 | 00h00

Para os organizadores, além do número significativo de executivos inscritos e confirmados para o encontro, o alto nível dos palestrantes e a quantidade de países representados foram fatores decisivos para que o Banco Mundial optasse por participar do Gas Summit Latin America. No próximo mês, estarão em São Paulo executivos do Brasil, Bolívia, Venezuela, Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, México e Equador.

"A queima de gás gera perdas de recursos valiosos e prejudica o meio-ambiente", afirma o gerente do programa GGFR do Banco Mundial, Bent Svensson. "O Brasil é um dos países que mais queima gás na América Latina. Nossa experiência em outras partes do mundo mostra que a queima de gás pode ser reduzida se a iniciativa privada e o setor público trabalharem juntos para colocar em prática uma combinação adequada de regulação e incentivos", explica Svensson.

A iniciativa do Banco Mundial Lançada durante o Encontro Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável de 2002, a Parceria Global para Redução de Queima de Gás reúne representantes de governos dos países produtores de petróleo, empresas estatais e as principais companhias petroleiras do mundo, com o propósito de vencer os obstáculos que dificultam a redução da queima de gás, através do intercâmbio de boas práticas internacionais e da execução de programas específicos para os países onde há queima de gás.

Na América Latina, apenas o Equador e Guiana Francesa participam do programa. Contudo, os maiores "queimadores de gás" do continente ainda não aderiram: Brasil, México e Venezuela. A queima de gás ocorre durante o processo de extração do petróleo cru, quando a substância sobe à superfície. Este gás pode ser utilizado na planta de extração como combustível de geradores, devolvido ao subsolo ou distribuído e comercializado por gasodutos. Em geral, nas regiões onde não há infra-estrutura ou mercados adequados, este gás é liberado na atmosfera, queimado ou descartado sem qualquer tipo de aproveitamento.

Todos os anos escapam ou são queimados 150 bilhões de m3 de gás natural, quantidade que equivale a 25% do consumo de gás dos EUA ou a 30% de consumo de gás da União Européia. Por outro lado, os 40 bilhões de m3 de gás queimados na África equivalem à metade do consumo anual de energia daquele continente.

A queina de gás

A queima de gás acrescenta 390 milhões de toneladas nas emissões anuais de CO2, com impacto direto sobre as mudanças climáticas da Terra. Se todos os projetos propostos pelo `Kyoto`s Clean Development Mechanim` fossem colocados em prática hoje mesmo, a redução das emissões anuais de CO2 não atingiria tal volume.

A luta contra a pobreza é outra parte importante do programa da GGFR, engajado na busca de soluções para que as comunidades locais possam utilizar o gás natural ou o GPL que se desperdiça. Algumas alternativas para a utilização do gás em pequena escala já foram analisados pelo programa, em diversos países.

Alguns resultados positivos já foram alcançados pela GGFR, e outros projetos em andamento devem ampliar a atuação da parceria global. A divulgação da iniciativa do Banco Mundial durante o Gas Summit Latin America visa obter maior participação latino-americana no projeto. A conferência organizada pela IBC terá mais de 50 palestrantes, três dias de debates e expectativa de público superior a 300 executivos. Apóiam o encontro entidades como ONU, IGU, Olade, Cadal, CBH (Bolívia), AGN Chile, Naturgas (Colômbia), Acigra e IEA (Argentina), CSPE, Anace, Abegás, CTDUT, Abraget, APMPE, ABGNV, Apine e Onip (Brasil). O patrocínio do encontro é da PDVSA, SHELL, Andrade Gutierrez, Ecopetrol, Banco Mundial e Gáslocal.

AGENDA:
Gas Summit Latin America 2007
Data: 21 a 23 de maio
Local: Hotel Blue Tree Towers Morumbi - São Paulo - SP
Organização: IBC
Informações: 11-3017-6808 ou ibc@ibcbrasil.com.br
Website: www.gassummit.com.br



Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar