acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
OTC 2014

Baker Hughes e Aker Solutions iniciam aliança de produção subsea

06/05/2014 | 13h57

 

Baker Hughes e Aker Solutions iniciam aliança de produção subsea
A norte-americana Baker Hughes e a norueguesa Aker Solutions comentaram ontem (5) durante a Offshore Technology Conference (OTC) sobre a recente aliança de produção subsea formada entre as empresas.
O acordo prevê combinar os pontos fortes de produção e processamento de sistemas submarinos da Aker Solutions com a experiência em acabamentos e tecnologias integradas em poços submarinos de produção da Baker Hughes, que vai ajudar a mitigar os riscos, acelerar saída e estender a vida útil de campos submarinos. 
O objetivo da cooperação é aumentar a produção, as taxas de recuperação, e reduzir os custos em áreas submarinas. A estrutura da aliança proporciona a flexibilidade para cada empresa oferecer todos os produtos e serviços para projetar a melhor solução para os desafios de produção dos clientes.
A implementação da aliança ainda  aguarda aprovações regulatórias.

A norte-americana Baker Hughes e a norueguesa Aker Solutions comentaram ontem (5) durante a Offshore Technology Conference (OTC) sobre a recente aliança de produção subsea formada entre as empresas.

O acordo prevê combinar os pontos fortes de produção e processamento de sistemas submarinos da Aker Solutions com a experiência em acabamentos e tecnologias integradas em poços submarinos de produção da Baker Hughes, que vai ajudar a mitigar os riscos, acelerar saída e estender a vida útil de campos submarinos. 

O objetivo da cooperação é aumentar a produção, as taxas de recuperação, e reduzir os custos em áreas submarinas. A estrutura da aliança proporciona a flexibilidade para cada empresa oferecer todos os produtos e serviços para projetar a melhor solução para os desafios de produção dos clientes.

A implementação da aliança ainda  aguarda aprovações regulatórias.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação
Autor: Maria Fernanda Romero
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar