acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Porto de Paranaguá

Aumento em 35,42% na movimentação de cargas no semestre

15/07/2016 | 13h14
Aumento em 35,42% na movimentação de cargas no semestre
Cortesia Appa Cortesia Appa

O Porto de Paranaguá bateu o quinto recorde em movimentação de cargas de 2016 ao registrar o maior volume de produtos já carregados no período de seis meses.

De janeiro a junho deste ano foram movimentadas 24,1 milhões de toneladas. O volume é considerado recorde comparado ao mesmo período de 2010, quando o porto movimentou 17,8 milhões de toneladas. O resultado de 2016 representa um aumento de 35,42% em comparação com 2010.

Neste ano, o Porto de Paranaguá acumulou recordes consecutivos de movimentação nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. E o crescimento na movimentação semestral vem ocorrendo anualmente. Em 2011, foram 19 milhões de toneladas movimentadas no semestre. Em 2012, 21 milhões de toneladas; em 2013, 22 milhões de toneladas; em 2014, 22,4 milhões de toneladas; e em 2015, 23 milhões de toneladas foram exportadas e importadas por Paranaguá nos seis primeiros meses do ano.

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, conta que os recordes obtidos por Paranaguá refletem os investimentos feitos no setor pelo Governo do Estado aliados ao trabalho técnico e operacional dos profissionais que atuam na área portuária.

“Estamos colhendo os frutos dos investimentos já feitos e que totalizarão R$934,9 milhões até 2018. As ações para modernização e aumento de produtividade foram executadas para devolver a competividade aos portos do Paraná”, comemora Richa Filho.

MERCADO – Alguns produtos alavancaram as exportações e importações pelo Porto de Paranaguá no primeiro semestre. A importação de granéis líquidos, por exemplo, apresentou um aumento de 48% nos primeiros seis meses de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015.

Já a exportação de granéis sólidos foi impulsionada pelo milho, com aumento de 77% neste semestre, e pela soja, que aumentou 21% a exportação neste período, se comparado com o ano anterior.

A baixa do mercado interno também contribuiu para o aumento de 135% na exportação de veículos pelo Porto de Paranaguá nos primeiros seis meses deste ano. Em 2015 foram exportadas 17.561 unidades de veículos. Já em 2016 o número de unidades exportadas saltou para 41.326.

Em junho o Porto de Paranaguá passou a exportar veículos da fabricante alemã BMW e foi escolhido pela marca devido à experiência na operação deste tipo de carga. Ao todo, serão enviadas 10 mil unidades do modelo X1 para os Estados Unidos até o começo do ano que vem.

O diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Luiz Henrique Dividino, explica que o aumento gradativo na movimentação de diferentes tipos de cargas é resultado dos investimentos em dragagem, infraestrutura, manutenção e logística.

“Investimos para melhorar o atendimento ao cliente do Porto de Paranaguá. Novos shiploaders e equipamentos, a reforma do cais e as campanhas de dragagem aumentaram em 33% a produtividade do Porto e as filas de caminhões já não existem mais”, ressalta Dividino. “Avançamos em todos os sentidos”, completa o presidente da Appa.

COMPARATIVO - No comparativo do semestre entre os portos brasileiros, Paranaguá mantém a segunda posição no ranking nacional, atrás apenas do Porto de Santos.



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar