acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pernambuco

Assinatura de contrato para construção de Unidades que reduzirão emissões atmosféricas

09/06/2011 | 15h06

A Petrobras assinou ontem (8/6), no Rio de Janeiro, contrato com a Empresa Brasileira de Engenharia (EBE) e a Alusa para construção de Unidades de Abatimento de Emissões Atmosféricas, com tecnologia SNOx, na Refinaria Abreu e Lima, em Recife (PE). As Unidades farão o tratamento dos gases de combustão das caldeiras, além de gases ácidos (sulfeto de hidrogênio – H2S e amônia) e correntes residuais da refinaria (disulfeto líquido e gasoso).

 

Parte da energia dos gases processados é recuperada na forma de vapor e ar quente, contribuindo para a eficiência energética do sistema. No processo, serão removidos os óxidos de enxofre e nitrogênio (partículas sólidas) das emissões, tornando-os consideravelmente menos poluentes. O processo tem como subproduto o ácido sulfúrico, que é aplicado em indústrias de fertilizantes, mineração e explosivos.

 

As duas unidades (U-93 e U-94) terão maior capacidade do que as duas similares existentes no mundo, processando no total 30.528.000Nm3/dia (Normais de Metros Cúbicos), sendo 15.264.000Nm3/dia cada. A refinaria da ENI, em Gela, na Itália, tem uma unidade SNOX de 24.000.000 Nm3/dia, e a refinaria da OMV, em Viena, na Áustria, tem uma unidade de 19.920.000 Nm3/dia.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar