acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sistema Interligado Nacional

Assinados contratos de concessão de novas linhas de transmissão

17/10/2008 | 11h27

Os contratos de concessão de 19 linhas de transmissão de energia elétrica, leiloadas pela Aneel em junho deste ano, foram assinados ontem (16/10), em cerimônia realizada no Ministério de Minas e Energia (MME).  As linhas somam aproximadamente 3 mil quilômetros de extensão e são destinadas a reforçar o Sistema Interligado Nacional (SIN). Os investimentos estão previstos em R$ 2,86 bilhões.

 

As concessões dos novos empreendimentos foram arrematadas por três empresas brasileiras, uma espanhola e dois consórcios. A cerimônia de assinatura dos contratos contou com as presenças do diretor-geral da Aneel, Jerson Kelman, do ministro do MME, Edison Lobão, e dos representantes das empresas privadas e estatais que, individualmente ou em consórcios, arremataram as concessões no leilão.

 

O certame foi realizado pela agência nas dependências da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, em sessão pública conduzida pela BM&F Bovespa, no dia 27 de junho deste ano. Ao todo, foram leiloados 12 lotes com 19 linhas e 20 subestações, com deságio médio de 20,18%. Veja aqui a relação dos lotes e as respectivas linhas.

 

A construção dos novos empreendimentos beneficiará 12 estados nas cinco regiões do país. Na região Norte, os estados do Amapá, Amazonas e Pará receberam obras; na região Nordeste, a Bahia. Já na região Centro-Oeste serão construídos empreendimentos em Goiás e Mato Grosso; e no Sudeste, os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. No Sul do país todos os estados: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As linhas deverão entrar em operação em prazos que variam entre 15 e 36 meses.

 

Desde 1998 a Aneel licitou e autorizou 34,079 mil quilômetros de linhas de transmissão, e das licitadas 14.885,6 km estão em operação. Este ano, 2,232 mil quilômetros de linhas foram energizados e há previsão de entrada de mais 3,503 mil quilômetros até dezembro.



Fonte: Aneel
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar