acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Argentina faz Petrobras fechar refinaria após explosão

10/08/2011 | 17h37
A subsecretaria de Gestão Ambiental da cidade argentina de Bahía Blanca determinou que a Petrobras suspenda a operação de sua refinaria Ricardo D. Eliçabena após a explosão que aconteceu hoje (10), deixando um morto e um ferido.

A unidade, no sul do país, tem capacidade para processar 31 mil barris diários de petróleo.

A Petrobras havia informado mais cedo que apesar da explosão as operações da unidade não haviam sido afetadas.

Em um comunicado posterior a estatal brasileira informou que o acidente ocorreu à 1h da madrugada (horário local da refinaria) desta quarta-feira e que autoridades argentinas haviam solicitado o seu fechamento.

"A refinaria foi parada preventivamente, por solicitação da Subsecretaria Ambiental local. As causas do acidente serão investigadas", informou a estatal brasileira em nota.

A empresa disse que a explosão ocorreu em uma das salas de descanso temporário de operadores na refinaria, fora da área industrial.

Mais cedo, na Argentina, um funcionário local já havia informado a uma agência estatal que após o acidente foi ordenado o fechamento da planta por questões de segurança.

O subsecretário de Gestão Ambiental de Bahía Blanca, Eduardo Conghos, disse à agência estatal Telam que depois do acidente "se ordenou o fechamento, uma vez que não estavam asseguradas as condições de segurança para que a planta possa seguir operando".

A informação foi confirmada à Reuters na Argentina por uma autoridade local, mas negada até por volta das 11h (horário de Brasília) pela estatal brasileira.

A unidade está instalada no principal polo petroquímico da Argentina.


Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar