acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Arcelor planeja cortar US$ 1 bilhão de custos

14/10/2011 | 13h57
A ArcelorMittal - produtora integrada de aços planos inoxidáveis e elétricos da América Latina - planeja cortar US$ 1 bilhão de custos em base anualizadas até o fim do próximo ano, reduzindo o funcionamento dos altos-fornos e elevando outras unidades para a capacidade total, afirmou uma porta-voz da companhia. Segundo Mandakini Sud, a ArcelorMittal não prevê nenhuma desaceleração de seus investimentos no Brasil e na Índia, visto que a "companhia considera esses países como alvos de crescimento".

O plano para otimização dos ativos da maior produtora de aço do mundo ocorre em meio à piora da situação financeira na Europa e nos EUA, e o aumento do custo das matérias-primas que forçou as siderúrgicas a apertarem seus cintos. No início desta semana, o presidente da ArcelorMittal, Lakshmi N. Mittal, afirmou que as siderúrgicas mundiais estavam cautelosamente otimistas sobre a demanda para a liga de aço.

Sud disse que a ArcelorMittal prevê que sua produção aumente levemente neste ano e em 2012. Segundo ela, a companhia prosseguirá com aquisição de terrenos para dois projetos na Índia - um no estado de Jharkhand e outro no estado de Karnataka.

A porta-voz afirmou que a ArcelorMittal está negociando diretamente com os proprietários de terrenos necessários para o projeto Jharkhand, enquanto em Karnataka, o governo estatal está adquirindo a terra que a companhia precisa.

A companhia sediada em Luxemburgo está colocando, no entanto, o projeto siderúrgico no estado de Orissa em segundo plano por enquanto.

A ArcelorMittal tem tentado nos últimos cinco anos erguer suas usinas siderúrgicas em Orissa e Jharkhand, mas tem sido incapaz de fazê-lo devido ao longo tempo que se leva para adquirir terras na Índia. A proposta para as usinas prevê capacidade de produção de 12 milhões de toneladas por ano, cada uma, com um investimento total de US$ 20 bilhões.

Sud disse que a companhia está aberta a começar com usinas menores na Índia, e aumentá-las gradualmente. As informações são da Dow Jones.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar