acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Biocombustíveis

Apoio ao programa RenovaBio

22/05/2017 | 11h45

A Associação Brasileira de Biogás e Biometano (ABiogás) presta apoio e solidariedade ao programa RenovaBio, promovido pelo Governo Federal, por meio do Ministério de Minas e Energia (MME).O projeto foi construído para estabelecer o desenvolvimento dos biocombustíveis no Brasil e é resultado direto dos compromissos internacionais para promover a redução de emissões brasileiras de gases do efeito estufa em 43% até 2030.

A ABiogás entende que o Brasil precisa preservar sua a posição de vanguarda na produção e uso de combustíveis renováveis, assim como a redução das emissões a partir da nossa aptidão para produção e consumo dos biocombustíveis.

A Associação apóia ainda a competitividade tanto econômica quanto ambiental entre combustíveis, principalmente frente a produtos derivados diretos de combustíveis fósseis e sabe que isso será cada vez mais viável com o RenovaBio. Por fim, a entidade entende que este é o momento de os players do setor saberem como o programa pretende valorar os combustíveis que emitem menos carbono.

O programa RenovaBio é um componente de uma agenda positiva para o Brasil, como contributo importante de um esforço planetário de mitigação das mudanças climáticas, além dos impactos positivos que os biocombustíveis, incluindo o Biogás e biometano, podem proporcionar para a sustentabilidade das atividades potenciais produtoras de matérias primas, com o desencadeamento de um novo fluxo nacional de desenvolvimento industrial e comercial descentralizado com geração de empregos e renda.

O programa estabelece regras claras de comercialização e busca oferecer segurança e previsibilidade aos investidores em biocombustíveis que passam a integrar o rol das fontes de energias renováveis reconhecidas pelo governo.

Em definitivo, cabe à ABiogás considerar ainda que o programa RenovaBio proporciona reflexos diretos na pauta de importação de derivados de combustíveis fósseis, que sem considerar as condições favoráveis existentes no País, de clima, biodiversidade, terra e matriz orgânica de biomassa residual, bases para os biocombustíveis, vem pulverizando anualmente algo em torno de 50 bilhões de dólares americanos.

Por essas razões a ABiogás louva, apóia e contribui ativa e irrestritamente com os esforços que o Ministério de Minas e Energia (MME) do Governo Federal vem fazendo para a articulação do RenovaBio, como política de estado consideradas de grande alcance e oportuna. Não obstante, acredita que a postura do ministério está alinhada com os reais interesses nacionais quanto ao desenvolvimento dos biocombustíveis.

A ABiogás reafirma a importância do RenovaBio para mostrar que o ministério terá nosso apoio para transformar esse projeto em uma Lei que promova um novo momento dos biocombustíveis no Brasil.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar