acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Publicação

ANP disponibiliza anuário estatístico 2012

21/11/2012 | 16h16

 

Publicação
ANP disponibiliza anuário estatístico 2012
Agência lança também 1ª edição do Boletim Anual de Preços.
A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou em seu site, o Anuário Estatístico Brasileiro do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis 2012, que consolida os dados referentes ao desempenho da indústria do petróleo, gás natural e biocombustíveis e do sistema de abastecimento nacional no período 2002 a 2011. 
Esta versão é a primeira da série que já incorpora o início da produção de petróleo e gás no pré-sal, que alcançou 7,5% da produção nacional no final de 2011.
O conhecimento desse desempenho é essencial para os processos de planejamento e tomada de decisão do Governo e de agentes econômicos.
A agência disponibiliza também a 1ª edição do Boletim Anual de Preços, que tem por objetivo acompanhar a evolução dos preços do petróleo, gás natural, derivados de petróleo e biocombustíveis, além de analisar os principais fatores econômicos e geopolíticos que influenciam as cotações.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou em seu site, o Anuário Estatístico Brasileiro do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis 2012, que consolida os dados referentes ao desempenho da indústria do petróleo, gás natural e biocombustíveis e do sistema de abastecimento nacional no período 2002 a 2011. 


Esta versão é a primeira da série que já incorpora o início da produção de petróleo e gás no pré-sal, que alcançou 7,5% da produção nacional no final de 2011.


O conhecimento desse desempenho é essencial para os processos de planejamento e tomada de decisão do Governo e de agentes econômicos.


A agência disponibiliza também a 1ª edição do Boletim Anual de Preços, que tem por objetivo acompanhar a evolução dos preços do petróleo, gás natural, derivados de petróleo e biocombustíveis, além de analisar os principais fatores econômicos e geopolíticos que influenciam as cotações.

 



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar