acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo e Gás

ANP autoriza perfuração de poço da OGX em Tubarão Martelo

25/01/2013 | 16h28

 

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) anunciou nesta sexta-feira (25) a liberação para perfuração e completação do poço 7-TBMT-10H-RJS, no Campo Tubarão Martelo, operado pela companhia de petróleo de Eike Batista, a OGX.
A expectativa da companhia é produzir o primeiro óleo do campo de Tubarão Martelo no quarto trimestre do ano. A chegada da plataforma flutuante de produção e armazenamento (FPSO) OSX-3 está prevista para o terceiro trimestre.
No começo do mês, a empresa iniciou a operação de seu terceiro poço no campo de Tubarão Azul. Até então, sua produção diária estava em 10,1 mil barris de óleo equivalente (BOE) por dia.

 

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) anunciou nesta sexta-feira (25) a liberação para perfuração e completação do poço 7-TBMT-10H-RJS, no Campo Tubarão Martelo (antigo Waikiki) operado pela companhia de petróleo de Eike Batista, a OGX.

 

A expectativa da companhia é produzir o primeiro óleo do campo no quarto trimestre do ano. A chegada da plataforma flutuante de produção e armazenamento (FPSO) OSX-3 está prevista para o terceiro trimestre.

 

Tubarão Martelo é composto pelos blocos BM-C-39 e BM-C-40 controlados integralmente pela OGX. Ele está localizado em águas rasas da Bacia de Campos e tem volume total estimado em 285 milhões de barris de petróleo ao longo do período de concessão da fase de produção.

 

No começo do mês, a empresa iniciou a operação de seu terceiro poço no campo de Tubarão Azul. Até então, sua produção diária estava em 10,1 mil barris de óleo equivalente (BOE) por dia.

 



Fonte: Redação / Agência
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar