acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia elétrica

Aneel determina isonomia de medição para ambientes livre e cativo de energia

11/04/2017 | 14h28

Apontada como uma das principais dificuldades para a expansão do mercado livre, a diferenciação na medição de consumo de energia entre os ambientes cativo e livre deixa de existir a partir deste mês. Regulamentada pela Aneel - Agência Nacional de Energia Elétrica - a flexibilização na medição no Ambiente Livre de Contratação por meio da normativa 759/2017 é tida como uma importante conquista do setor, que deve contar com maior número de migrações entre os ambientes no decorrer do ano ao simplificar os processos relacionados ao Sistema de Medição e Faturamento (SMF).

"Esta resolução é um importante marco para o setor, que agora tratará a medição dos ambientes cativo e livre por igual. Antes, para a migração, era necessário que o consumidor cativo fizesse uma série de adequações estruturais para contar com a economia e benefícios que o ambiente livre possibilita. Com essa determinação, haverá maior facilidade na transição, tornando o processo mais ágil e menos dispendioso", afirma Walfrido Avila, presidente da Tradener.

A determinação da Agência passou a valer neste quarta-feira, 15, e deve impulsionar as migrações para o mercado livre, que permanece atrativo mesmo com tarifas mais elevadas no setor.

"Migrando hoje, o consumidor deve contar com uma economia de até 15% nos custos com energia elétrica, além de desfrutar de maior flexibilidade na negociação de preços e de contratos mais longos possibilitando um melhor planejamento financeiro" afirma Avila. "Com a redução de custo e burocracia na migração a partir desta normativa, fica ainda mais fácil para o consumidor usufruir destas facilidades", finaliza.

Sobre a Tradener: é uma das maiores comercializadoras independentes de energia elétrica e gás natural do país, com foco nos consumidores livres de energia elétrica e produtores independentes. Pioneira no segmento desde 1998, foi a primeira empresa do Brasil autorizada pela Aneel a comercializar energia com consumidores livres e geradores no ambiente de contratação livre. Com investimentos em geração renovável, a companhia está no ranking das maiores e melhores empresas do Brasil. É reconhecida pela Valor 1000, Exame, e Estadão. Acesse o site: www.tradener.com.br



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar