acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Aneel autoriza operação do parque eólico Aratuá I, da Bionergy

01/02/2012 | 15h48
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) acaba de autorizar a operação do primeiro parque eólico totalmente desenvolvido pela iniciativa privada no Brasil. O parque de Aratuá I, no Rio Grande do Norte, conta com nove aerogeradores da GE, os primeiros a serem instalados no país, capazes de gerar 14,4 MW, com investimentos de R$ 60 milhões.

A nova operação eólica será oficialmente inaugurada em março deste ano, junto com o parque de Miassaba 2, também da Bioenergy, já em funcionamento como a primeira usina eólica no Ambiente de Comercialização Livre (ACL). “Antecipamos a entrada em operação de Aratuá 1 em cinco meses”, explica Sérgio Marques, presidente da Bioenergy.

Marques é um dos pioneiros em energia eólica no Brasil. Começou como executivo da ABB Energy Ventures, para depois arrematar a operação da multinacional em 2002 e fundar a Bioenergy. Os projetos da Bioenergy vão além do Rio Grande do Norte. “Temos, também, 50 projetos previstos no Maranhão”, complementa. “Estamos bastante otimistas com o avanço da energia verde no Brasil”, conclui.

A Bionergy, fundada em 2002, foi uma das pioneiras no Brasil em energia eólica. Conta, atualmente, com um portólio de 2,2 mil MW em projetos eólicos e 300 MW em energia solar. Atualmente, é a quinta maior empresa vencedora de leilões de energia no Brasil dentro de seu segmento de atuação.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar