acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Joint Venture

Andrade Gutierrez e Alstom inauguram nova fábrica para o mercado eólico brasileiro

30/01/2015 | 16h23
Andrade Gutierrez e Alstom inauguram nova fábrica para o mercado eólico brasileiro
Divulgação Divulgação

A Andrade Gutierrez, um dos maiores grupos de infraestrutura na América Latina, e a Alstom, fornecedora global de equipamentos e soluções para geração de energia, incluindo o mercado eólico, inauguram hoje, 30 de janeiro, a TEN - Torres Eólicas do Nordeste, joint venture industrial dedicada à produção de torres de aço para aerogeradores. A unidade está localizada em Jacobina, na Bahia, a 350 km de Salvador. A cerimônia de inauguração contou com a presença do Governador da Bahia, Rui Costa, e outras autoridades locais.

A joint venture, anunciada no ano passado, recebeu investimentos de cerca de 92 milhões de reais e é composta 51% pela Andrade Gutierrez e 49% pela Alstom. Próxima aos principais projetos eólicos atuais e potenciais da região, a fábrica ocupa uma área construída de 22.000 m² em um terreno com cerca de 140.000 m². A unidade demorou um ano para ser construída e envolveu em torno de 400 pessoas nesse projeto.

Com capacidade de produção de 200 torres metálicas por ano,  a unidade colabora diretamente para o crescimento econômico e social da região por meio do aumento da cadeia produtiva e da geração de novos empregos. No total, quando a fábrica estiver em plena operação, serão empregados diretamente 250 funcionários, além de mais 600 indiretos.

Com o objetivo de formar mão de obra especializada, foi iniciado em 2014 um processo de capacitação profissional em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), com a Tavares Montagem e com o IBP (Instituto Baiano Profissionalizante). Os cursos de Caldeiraria, Soldagem e Preparação e Proteção de Superfícies Metálicas têm cerca de três meses de duração e formarão 96 pessoas no total. Ao final do curso, cerca de 50 alunos serão selecionados para trabalhar na nova fábrica da Alstom e da Andrade Gutierrez.

A unidade de Jacobina é a terceira unidade eólica da Alstom na América Latina. A primeira foi inaugurada em 2011, em Camaçari, também na Bahia, para a fabricação de naceles, e a segunda em 2013, em Canoas, no Rio Grande do Sul, para a fabricação de torres para o mercado do sul do Brasil e países vizinhos como Argentina, Chile e Uruguai.  A Alstom tem contribuído também para o desenvolvimento da cadeia de suprimentos de naceles, torres, hubs e pás e se posicionado como um importante player no país.

“O Brasil, muito em breve, deve entrar para o ranking dos  maiores países produtores de energia eólica do mundo e, por isso, é gratificante inaugurarmos mais esta fábrica  no Brasil e poder contribuir para este crescimento.”, afirma Marcos Costa, Presidente da Alstom Brasil.

A Andrade Gutierrez se reorganizou de forma diferenciada para se posicionar como integradora dessa indústria. A empresa é capaz de gerenciar as inúmeras interfaces dos diferentes serviços exigidos para a construção de um parque eólico e expandiu sua implementação para construir acessos, sistemas elétricos e de transmissão, instalação de aerogeradores, e agora a fabricação de torres. Assim, planeja aumentar o fornecimento de projetos com qualidade, cronogramas de operação garantidos e confiabilidade de custos.

"A participação da AG neste empreendimento está fortemente amparada em sua capacidade de diversificação e, principalmente na confiança de estar abrindo grandes perspectivas na geração eólica, contribuindo para o crescimento da oferta de energia renovável no país.", destaca Flávio Barra, Presidente Global da Andrade Gutierrez Energia.

A Alstom já instalou mais de 3.000 aerogeradores em mais de 200 parques eólicos ao redor do mundo, fornecendo mais de 5.8 GW de energia. A companhia francesa projeta e fabrica aerogeradores onshore e offshore de 1,67 a 6 megawatts, além de fornecer soluções para todas as condições geográficas e climáticas.



Fonte: Redação / Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar