acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Impactos Econômicos

Alta do diesel vai gerar custo adicional de R$ 260 milhões em MT

18/11/2014 | 10h22

O reajuste no preço do diesel, anunciado em 6 de novembro pela Petrobras, vai gerar impacto negativo de R$ 260 milhões no agronegócio de Mato Grosso, aponta estudo realizado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

O percentual médio de aumento do preço do combustível no Estado é de 5,5%. Assim, nas contas do Imea, o valor do frete poderá ser reajustado em 2,8%, o que levará a gastos adicionais de R$ 183,5 milhões aos produtores de soja e milho, prevê o instituto.

No transporte de fertilizante e calcário, o impacto no valor total a ser gasto poderá ser de R$ 37,5 milhões. Ainda de acordo com o Imea, o custo total de produção da soja poderá aumentar R$ 31,5 milhões, e o do milho, R$ 8,2 milhões.

“Esse aumento penaliza duas vezes o agricultor de Mato Grosso. Primeiro, dentro da propriedade, já que usamos o diesel no maquinário. E depois também na logística, cujos custos no Estado já são exorbitantes devido à ineficiência”, disse em nota Ricardo Tomczyk, presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja/MT).



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar