acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Alta demanda por engenheiros valoriza salários em 20%

12/08/2011 | 16h00
O Guia Salarial 2011-2012 apresentou uma valorização salarial média nos cargos de engenharia em torno de 20%. O aquecimento no mercado, principalmente em áreas com Construção civil (residencial e pesada), Infraestrutura, Energia, Petróleo e Gás e Agronegócios, tem gerado grande demanda por engenheiros e entre os mais valorizados estão àqueles especializados em vendas e obras, por exemplo.

 

Destaque no Guia Salarial 2011-2012, o Engenheiro de Aplicação/Vendas, está cada vez mais valorizado, por conta da forte demanda em setores como automotivo e bens de capital, além de a área comercial estar em alta, já que as empresas estão em expansão por conta do bom momento da economia. “São profissionais cada vez mais técnicos. É necessário além das habilidades comerciais e de comunicação, competência para explicar o produto e exemplificar sua aplicação prática”, explica Daniela Ribeiro, gerente da divisão de Engenharia da Robert Half. O Engenheiro de Aplicação/Vendas entrava no mercado com salário base de R$ 2 mil, segundo o último levantamento, e agora inicia com R$ 3 mil. 

 

A necessidade de o país em investir em infraestrutura para sustentar o crescimento econômico, além dos eventos como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos tem impactado na alta demanda e valorização do profissional de grandes obras. O Gerente de Contratos, por exemplo, se destaca entre os que possuem maior remuneração e foram valorizados no último ano.  “Cada obra de grande porte gera a estrutura de uma nova empresa e o Gerente de Contratos é o profissional que possui a responsabilidade de lidar com valores altos e relacionamento com os consorciados”, conta Ribeiro. O Gerente de Contratos no nível de entrada, que tinha salário inicial de R$ 5 mil, passa receber R$ 5,5 mil, segundo o Guia Salarial 2011-2012.

 

Nos segmentos de construção civil os profissionais altamente valorizados são os Coordenadores os Gerentes de Obras. “São profissionais que vivem o dia a dia das obras e são valorizados por cumprirem metas e principalmente, os prazos, sem perda de qualidade das construções, além de alta capacidade de gestão de equipes”, diz a especialista da Robert Half.

 

No segmento de agronegócio é possível observar a alta demanda por Melhorista de Cultivares, que é o profissional responsável pelo desenvolvimento de novos cultivares (plantas), atuando com melhoramento genético, seleção e cruzamento de linhagens. O Melhorista entra no mercado com um salário inicial de R$ 7 mil reais. “São profissionais altamente qualificados, com grande dedicação à carreira acadêmica e base técnica muito apurada”, conta Caio Arnaes, gerente do escritório de Campinas, da Robert Half.

 

No segmento de Petróleo e Gás, a demanda e os cargos mais valorizados se dividem em posições na área Offshore, Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde, Suprimentos e Geologia. Um Gerente de Qualidade, por exemplo, voltado para o mercado de Petróleo e Gás tem salário inicial 30% maior quando comparados a outros segmentos. Ainda mais valorizado é o cargo de Gerente de Exploração ocupado por Geólogos e Geofísicos “Este é um exemplo fora de série. É preciso grande experiência em exploração e desenvolvimento de blocos de petróleo e gás. São profissionais raros no mercado e chegam a ganhar ate R$ 50.000 de salário mensal mais bonificações”, afirma Fabio Porto d’Ave, especialista em recrutamento de Petróleo e Gás, da Robert Half.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar