acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Termelétricas

Alstom coloca em operação mais uma parte da Termorio

18/03/2005 | 00h00

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou a operação comercial do Bloco 1 da Termorio. O bloco é composto por duas turbinas a gás e uma a vapor e poderá gerar mais 387 MW. No cronograma divulgado pela Alston, a termelétrica estará em plena capacidade em junho de 2005.
Composta por três blocos, a Termorio, depois de concluída, será capaz de gerar 1040 MW, o suficiente para abastecer uma região de aproximadamente 4,5 milhões de pessoas. A termelétrica também possuirá a capacidade de produzir até 400 toneladas/hora de vapor (co-geração), para abastecimento, via sistema de dutos, a Refinaria Duque de Caxias -  REDUC - da Petrobras.
No final do ano passado a Alstom colocou em operação, pela modalidade de ciclo simples,  dois turbo-geradores (21 e 22) com 105 MW cada. A Termorio é formada por seus turbo-geradores a gás e três a vapor. Cada um deles composto por duas turbinas a gás GT-11N2 e uma turbina a vapor (com os respectivos geradores), duas caldeiras de recuperação, sistemas auxiliares e uma torre de resfriamento de água.
Pela quantia de US$ 550 milhões, o contrato fechado em 2001 ainda inclui o gerenciamento dos trabalhos de construção civil e de montagem, a instalação de uma subestação em alta tensão isolada a gás, os sistemas auxiliares e de controle e comando, a engenharia, a construção, o comissionamento e o start-up. Segundo a Alstom, a TermoRio, que será a maior usina termoelétrica com co-geração e em ciclo combinado do Brasil.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar