acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Alumínio

Alcoa vai cortar capacidade de produção mundial em 12%

06/01/2012 | 11h02
A americana Alcoa anunciou hoje (6) que pretende cortar sua capacidade de produção mundial em 12%, o equivalente a 531 mil toneladas métricas de alumínio, por meio do fechamento definitivo de algumas linhas inicialmente nos Estados Unidos e talvez fora do país.

Em comunicado, a maior produtora de alumínio dos Estados Unidos informa que a medida tem por objetivo reduzir custos e ampliar competitividade, em um momento em que o preço dos metais passa por retração.

Desde o pico, as cotações do alumínio recuaram 27% em 2011, informa a Alcoa. Em paralelo aos fechamentos, a empresa ainda vai acelerar outras medidas que contribuam para a meta de redução de custos.

A Alcoa vai fechar permanentemente sua unidade no Tennessee, que já foi reduzida em 2009, e duas das seis linhas de produção de Rockdale, no Texas. Juntos, esses fechamentos resultarão em redução de 291 mil toneladas métricas na capacidade de produção global da companhia, que é de 4,5 milhões de toneladas métricas por ano.

Outras 240 mil toneladas métricas por ano deixarão de ser produzidas no “futuro próximo”, por meio da redução da capacidade em outras unidades - a companhia não especifica quais fábricas ou regiões poderão ser afetados pela medida. “Esses são passos difíceis, porém necessários, para melhorar a competitividade da Alcoa, preservar valor ao acionista e proteger empregos no restante da operação”, afirma no comunicado o presidente do conselho de administração da companhia, Klaus Kleinfeld.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar