acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

AkzoNobel pretende adquirir a empresa de revestimentos Schramm Holding AG

30/06/2011 | 16h57
A AkzoNobel anuncia sua intenção de adquirir a empresa de revestimentos Schramm Holding AG e as atividades de revestimento operadas pela maior acionista da Schramm, a coreana SSCP. O negócio, que permitirá à AkzoNobel reforçar sua posição de liderança mundial em revestimentos de especialidades em plástico, deverá ser fechado no segundo semestre deste ano.

Com sede na Alemanha e presente na Bolsa de Valores de Hong Kong, a Schramm produz e comercializa revestimentos para plásticos, metais e isolamento elétrico e expandiu seus negócios em 18% ao ano nos últimos três anos. O faturamento da empresa em 2010 totalizou 115 milhões de euros, com um EBITDA de 13,3 milhões de euros.

A SSCP tem uma posição forte no mercado de celulares da Coreia e também fornece revestimentos para a ampla indústria de equipamentos eletrônicos. Mais de metade dos faturamentos combinados da Schramm e da SSCP estão na Ásia, principalmente na China, Coréia, Vietnã e Tailândia.

“Esta aquisição reforça nossa determinação em acelerar o crescimento sustentável e construir posições de liderança global em nossos mercados centrais”, afirma Leif Darner, membro do Comitê Executivo da AkzoNobel, responsável por Revestimentos de Performance (Performance Coatings). “Essa é uma excelente oportunidade para aumentarmos significativamente nossas atividades de Revestimentos Industriais (Industrial Coatings), particularmente na Ásia, ” ressalta o executivo.

Conrad Keijzer, Diretor Geral de Revestimentos Industriais (Industrial Coatings) da AkzoNobel, complementa: “Esta aquisição nos torna líderes mundiais em revestimentos de especialidades em plástico para dispositivos móveis, laptops e TVs. Também melhorará a nossa posição no mercado automotivo de cores e design de interiores, que está ganhando força na China. Além disso, nós vemos sinergias significativas nos custos de matérias-primas bem como nos custos operacionais.”

De acordo com os termos da transação, os acionistas Schramm receberão uma oferta voluntária condicional em dinheiro para cada ação Schramm, valorizando o capital social da empresa em cerca de 142 milhões de euros (HK $1,566 milhões).

A oferta está condicionada ao recebimento de um número suficiente de aceitações por parte dos acionistas da Schramm e do controle relevante da fusão. A maior acionista da Schramm, a SSCP, acordou, de forma irrevogável com a AkzoNobel, em vender suas ações da Schramm (70,5% do holding total), caso a oferta seja aceita pelos acionistas.

Além disso, a AkzoNobel assinou um acordo com a SSCP referente a compra dos negócios independentes (carved-out) de revestimentos da SSCP com base na Coréia. Tal situação está sujeita a diligências, aprovação e aceitação por parte dos acionistas da SSCP e conclusão da oferta voluntária condicional para a Schramm Holding AG.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar