acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Internacional

AIE critica Opep por decisão do corte

16/10/2006 | 00h00

O diretor da Agência Internacional de Energia, Claude Mandil, acredita que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) está equivocada em sua avaliação sobre a recente queda dos preços do petróleo. Mandil considera que, ao contrário do que afirma a Opep, a capacidade excedente de produção e refino no mundo é muito reduzida.

Se ocorrerem grandes crises geopolíticas ou condições climáticas especialmente severas "a produção mundial não tem flexibilidade para compensar uma queda de suprimento", disse Mandil, que acrescentou, ainda, que que as refinarias mundiais estão todas trabalhando em potência máxima,acrescentando que o mundo terá que esperar até 2010 para ver maior flexibilidade na produção e na capacidade de refino.

"Estou surpreso de que a Opep esteja preocupada com o nível do preços. É claro que ele caíram significativamente durante o mês passado, mas antes alcançaram valores absurdos", disse o diretor executivo da IEA em entrevista ao jornal La Tribune.

Os ministros da Opep, no enanto, reafirmaram a reunião marcada para quinta-feira (19/10), onde será discutida o corte de produção de 1 milhão de barris por dias na quota de produção dos membros da Opep.

O ministro das minas e energia da Argélia, havia afirmado, entretanto, que a redução já está decidida entre os membros da Organização. O encontro de quinta-feira será para fazer o anúncio do corte. A produção atual da Opep é de 28 milhões de barris por dia e corresponde a 40% do petróleo produzido no mundo.

O anúncio do corte já impactou o mercado. Em Nova Iorque, o petróleo leve para entrega em novembro sofreu aumento de US$ 0,71 e fechou a US$ 58,57 na sexta-feira. Em Londres, o brent do Mar do Norte suiu US$ 0,76 e chegou a US$ 59,52 por barril.



Fonte: Redação c/ Ag. Int
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar