acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Relações internacionais

Agenda de Lula com Bush não se limitará ao etanol, diz Amorim

30/03/2007 | 00h00

A produção de biocombustíveis não será o único tema em pauta no encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o presidente norte-americano George W. Bush, no próximo final de semana, em Camp David. De acordo com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, também serão tratadas questões como as negociações na Organização Mundial do Comércio (OMC) da Rodada Doha e a cooperação em terceiros países. “É um encontro de dois estadistas de países importantes. Quando dois líderes de países como Brasil e Estados Unidos se encontram, eles vão falar do mundo”, disse Amorim em audiência na Comissão de Relações Exteriores do Senado, nesta quinta-feira (29).

No que se refere à cooperação em terceiros países, a idéia, segundo Amorim, é que Brasil e Estados Unidos trabalhem em conjunto para ajudar países pobres como o Haiti e as nações africanas. “Nossos recursos são escassos, o que temos para projetos de cooperação técnica é ínfimo em termos financeiros, o que temos é capacidade”, explicou Amorim. “Então, esses projetos trilaterais são muito importantes com a Itália, com a França, com os Estados Unidos, com o Canadá”, disse.

Amorim lembrou que o presidente americano declarou ao presidente Lula ser prioridade dos Estados Unidos acabar com a malária – uma das possibilidade de cooperação seria em um programa de erradicar a malária em São Tomé e Príncipe, onde a doença atinge quase 100% da população.

O chanceler brasileiro disse esperar que os dois presidentes tenham tempo para tratar de temas como a reforma das Nações Unidas e a situação no Oriente Médio e no Líbano.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar