acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Relatório

Agência Internacional de Energia revê em alta procura mundial do petróleo

16/06/2011 | 10h30
A procura mundial de petróleo deverá crescer 1,3 por cento por ano até 2016, se a retoma económica se consolidar, apesar da subida dos preços do crude para além dos 100 dólares por barril, estimou hoje a Agência Internacional de Energia (AIE).


O novo relatório anual da AIE, relativo aos mercados do petróleo e do gás natural a médio prazo, indica que um crescimento económico de 4,5 por cento por ano permitirá um aumento do consumo de 1,2 milhões de barris por dia (mbd) em média, anualmente, para chegar aos 95,3 mbd em 2016.


Isto significa que a procura mundial será superior em 0,7 mbd entre 2010 e 2015, face aos relatórios anteriores divulgados pela agência.


“O crescimento mundual da procura é exclusivamente da responsabilidade dos países que não são membros da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económicos”, o grupo dos países ricos para os quais a AIE é o “braço” da energia. Só a China representa sozinha 41 por cento do crescimento que é esperado.


Já nos países industrializados, o consumo deverá cair 0,6 por cento ou 260 mbd em média, por cada ano, embora menos do que estava anteriormente previsto.


Este cenário está no entanto recheado de incertezas. “Das repercussões da primavera árabe às consequências macroeconómicas da crise na zona euro, a incerteza permanece a palavra-chave para os mercados mundiais do petróleo e do gás”, adianta o director-geral da agência, Nobuo Tanaka.


Fonte: Redação/ Agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar