acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Tecnologia

AES Tietê investe em telecomando para operar suas usinas e eclusas

07/12/2011 | 12h33
A AES Tietê está investindo em inovação tecnológica no processo de modernização das suas usinas. A partir da implantação do novo sistema de supervisão e controle, as unidades geradoras que estão sendo modernizadas passarão a ser operadas pelo Centro de Operação da Geração e Eclusas (COGE), em Bauru.

A atualização da ferramenta de supervisão e controle trará a padronização do sistema, aumentando a confiabilidade da operação remota das usinas. A inovação também proporcionará melhorias no monitoramento em tempo real, possibilitará diagnósticos mais rápidos, contribuirá para reduzir o tempo necessário de reparos e aumentará a disponibilidade das usinas.

Atualmente a ferramenta de supervisão e controle do COGE da AES Tietê oferece recurso de telecomando às usinas hidrelétricas de Limoeiro, em Mococa, e Euclides da Cunha, em São Josédo Rio Pardo, e às Pequenas Centrais Hidrelétricas da AES Minas PCH e da PCH São Joaquim, situada em São João da Boa Vista.

Até o final de 2011, as usinas Nova Avanhandava e Bariri também passarão a ser operadas remotamente, a partir do COGE, em Bauru. Em 2012, estão previstas as migrações das usinas Caconde e Ibitinga e das eclusas das usinas de Barra Bonita, Bariri, Ibitinga, Promissão e Nova Avanhandava.

Além de maior facilidade e agilidade no acesso aos dados e na tomada de decisões, o novo sistema de supervisão e controle permite ainda mais disponibilidade e flexibilidade às equipes das usinas para o monitoramento das máquinas e as inspeções de controle.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar