acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pessoas

Advogado e pecuarista de Goiás vai presidir a Conab

23/02/2011 | 10h02
Aos poucos e sem alarde, o ministro Wagner Rossi está montando sua equipe no Ministério da Agricultura com várias indicações de partidos e parlamentares. Nas próximos dias, anunciará o goiano Evangevaldo Moreira dos Santos como novo presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


Advogado e pecuarista em Niquelândia (GO), Santos assumirá um dos cargos mais disputados pelos partidos aliados ao governo. É uma indicação pessoal do líder do PTB, Jovair Arantes (GO), com respaldo da bancada na Câmara. Ele comandou a Ceasa na gestão Marconi Perillo (PSDB) e a Agência Ambiental no governo Alcides Rodrigues (PP). "Está confirmado, pacificado. Aguardamos apenas a tramitação burocrática. O ministro Rossi e a Casa Civil já deram o sinal verdíssimo", disse ontem Arantes.


O novo presidente da Conab comandará um orçamento de R$ 5,2 bilhões para aquisições e subsídios agrícolas em todos os Estados do país. A nomeação foi longamente negociada pelo governo. Brigavam pelo posto nomes indicados por PT, PRB e PMDB. Mas o PTB conseguiu garantir o cargo, hoje ocupado pelo petebista Alexandre Magno Aguiar, novamente para a legenda. "Continua sendo do partido. É só uma substituição. Vamos marchar com o ministro, que faz uma gestão fantástica", afirmou Jovair Arantes.


Mesmo com o impasse nas nomeações para o segundo escalão do governo, o ministro Rossi conseguiu efetuar várias trocas no ministério. Na Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, assumiu o agrônomo paranaense Erikson Chandoha, indicado pelo deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR). Foram indicados por partidos ou parlamentares, com o respaldo de Rossi, outros três diretores da secretaria. Vinculado ao PP de Uberaba (MG), Ricardo Saud emplacou como diretor de Cooperativismo. Amigo pessoal do ministro Rossi, Boaventura Teodoro Lima assumiu a Diretoria de Infraestrutura e Logística. O novo diretor de Propriedade Intelectual e Tecnologia Agropecuária, Hélcio Botelho, foi indicação do deputado Homero Pereira (PR-MT).


Na Secretaria de Defesa Agropecuária, o veterinário Luiz Carlos Oliveira assumiu a diretoria de Inspeção de Produtos de Origem Animal por indicação do grupo do senador José Sarney (PMDB-AP). A diretoria de Saúde Animal ficou com Guilherme Marques.


Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar