acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Setor Elétrico

Abraceel cobra reajuste da dívida de R$ 2,56 bilhões das distribuidoras

11/02/2015 | 14h05

A Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), entidade que defende a portabilidade da conta de luz para todos os consumidores, pede que sejam aplicadas a correção monetária e a taxa Selic na dívida de R$ 2,56 bilhões das distribuidoras de eletricidade no Mercado de Curto Prazo, dos quais R$ 1,086 bilhão das operações de novembro e R$1,474 bilhão das de dezembro, valores registrados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

“Defendemos que o valor devido seja corrigido pela Selic por uma simples razão: esse é um empréstimo que os credores da CCEE estão fazendo às distribuidoras, então é importante que haja uma remuneração de capital e uma correção monetária do dinheiro”, explica Reginaldo Medeiros, presidente da Abraceel.

A expectativa é que os valores devidos sejam pagos no dia 9 de fevereiro, data da próxima liquidação no mercado. Tudo depende que o empréstimo de R$2,5 bilhões às distribuidoras seja aprovado. Segundo Medeiros, muitos consumidores livres contribuíram para que a situação atual não fosse mais grave. "Os consumidores livres respondem por 60% do produto industrial e reagiram ao sinal de preço alto, reduzindo o uso de energia", conclui.



Fonte: Redação / Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar