acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Parceria

Abimaq e SSA assinam acordo de cooperação no setor naval

11/09/2012 | 15h32

 

A Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), por meio da  Câmara Setorial de Equipamentos Navais e Offshore (CSEN) e a UK Shipbuilders & Shipreires Association (SSA), principal associação que reúne estaleiros e empresas britânicas de equipamentos marítimos, fecharam um importante acordo de cooperação.
O documento, assinado em agosto, durante a feira Navalshore 2012, no Rio prevê o trabalho conjunta dos dois organismos para promover investimentos, comércio e intercâmbio de tecnologias entre Brasil e Reino Unido nas áreas de construção naval e de fabricação de equipamentos marítimos.
“Estamos muito otimistas com as possibilidades que este acordo vai trazer para nossos associados. Os mercados offshore brasileiro e marítimo militar estão com grande demanda e acreditamos que assim será por uns 15 anos ou mais”, afirmou o Presidente da CSEN, Cesar Prata. “A aproximação com a SSA facilitará nossas indústrias a encontrar a cooperação técnica e informações do mercado com os experientes fabricantes do setor naval do Reino Unido”, concluiu.

A Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), por meio da  Câmara Setorial de Equipamentos Navais e Offshore (CSEN) e a UK Shipbuilders & Shipreires Association (SSA), principal associação que reúne estaleiros e empresas britânicas de equipamentos marítimos, fecharam um importante acordo de cooperação.


O documento, assinado em agosto, durante a feira Navalshore 2012, no Rio prevê o trabalho conjunta dos dois organismos para promover investimentos, comércio e intercâmbio de tecnologias entre Brasil e Reino Unido nas áreas de construção naval e de fabricação de equipamentos marítimos.


“Estamos muito otimistas com as possibilidades que este acordo vai trazer para nossos associados. Os mercados offshore brasileiro e marítimo militar estão com grande demanda e acreditamos que assim será por uns 15 anos ou mais”, afirmou o Presidente da CSEN, Cesar Prata. “A aproximação com a SSA facilitará nossas indústrias a encontrar a cooperação técnica e informações do mercado com os experientes fabricantes do setor naval do Reino Unido”, concluiu.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar