acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

ABB fornece subestação de transmissão e de distribuição para o Brasil

31/08/2011 | 09h28
A ABB, grupo líder em tecnologias de energia e automação, fornecerá, em regime turn-key, uma nova subestação de transmissão e de distribuição para o Estado do Amazonas, no norte do Brasil, para a concessionária estatal de energia Eletrobrás Amazonas Energia. A Subestação Mauá III possui características convencionais de isolação (AIS) e fica localizada na cidade de Manaus.

Como parte do projeto turnkey, no valor de aproximadamente US$ 20 milhões, a ABB é responsável pelo projeto, engenharia, fornecimento, montagem, administração e start-up da subestação, incluindo as obras civis. A previsão de término do projeto é 2012. “A subestação vai aumentar a capacidade e a confiabilidade da rede e irá melhorar o fornecimento de energia elétrica para os consumidores industriais, comerciais e residenciais de Manaus”, disse Oleg Aleinikov, responsável pela área de subestações da ABB, parte da divisão de Sistemas de Potência.

Os principais produtos a serem fornecidos pela ABB incluem transformadores de potência, painéis de alta tensão em 230 kV (quilovolts), 138 kV e 69 kV, disjuntores, chaves seccionadoras, transformadores de instrumentos, para-raios, bem como sistemas de média tensão e equipamentos auxiliares. A ABB também irá instalar um sistema de automação da subestação, equipado com os mais recentes produtos de controle e proteção, compatível com o padrão de comunicação global IEC 61850.

As subestações são instalações chave da malha de energia elétrica, facilitando, assim, a transmissão e distribuição, de forma eficiente da eletricidade. Elas incluem equipamentos que protegem e controlam o fluxo da energia elétrica. A ABB é a maior fornecedora mundial de subestações isoladas a ar e a gás, abrangendo níveis de tensão de até 1.100kV.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar