acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Inovação

ABB desenvolve projeto-piloto para alimentar ônibus elétrico com carga rápida

03/06/2013 | 10h32

 

A ABB, empresa especializada em tecnologias de energia e automação, vai alimentar o primeiro sistema do mundo de carregamento rápido de alta capacidade para ônibus elétrico. A empresa anunciou durante evento realizado em Genebra que está trabalhando em conjunto com a empresa de transporte público da cidade (TGP), a Office for the Promotion of Industries and Technologies (OPI) e a concessionária de eletricidade de Genebra SIG, no projeto-piloto do sistema de ônibus elétrico TOSA (Otimização de Alimentação do Sistema de Trólebus).
Pela primeira vez, ônibus elétricos de grande capacidade, que transportam aproximadamente 135 passageiros, usarão tecnologia de carga rápida. Os veículos serão alimentados diretamente, em pontos selecionados com uma carga rápida de 15 segundos, enquanto os passageiros entram e saem do ônibus, usando um novo tipo de carregamento automático.
"Através do rápido carregamento, somos capazes de operar uma nova geração de ônibus elétricos para o transporte urbano de massa, que já não se utiliza de linhas aéreas", disse o responsável interino de pesquisa e desenvolvimento da ABB, Claes Rytoft. "Esse projeto irá pavimentar o caminho da mudança para uma infraestrutura de transporte público mais flexível e econômico, com baixos níveis de ruído e de emissão de poluentes”.
A TOSA é uma solução que não emite Co2, já que a eletricidade utilizada provém inteiramente de energia hidrelétrica limpa. O tempo de carregamento é tão rápido que não interfere no horário do ônibus e melhora o ambiente urbano e a paisagem, pois não usa linhas aéreas, proporcionando maior flexibilidade da rota. O sistema utiliza um braço controlado por laser, que se conecta a uma tomada aérea para carregamento nos abrigos de ônibus, ao invés das alavancas usuais das linhas aéreas.
A tecnologia de  carga rápida e o equipamento de tração usados neste projeto foram desenvolvidos e otimizados pela ABB para rotas de ônibus de alta frequência nas principais áreas urbanas, que transportam um grande número de passageiros em horários de pico. As baterias de bordo podem ser carregadas em 15 segundos, com 400 quilowatts em pontos selecionados. No final da linha de ônibus uma carga ultra rápida de 3 a 4 minutos é feita para recarregar totalmente as baterias. Graças a um sistema inovador de acionamento elétrico, a energia do equipamento de carregamento montado na capota pode ser armazenada em baterias compactas, juntamente com a energia de frenagem do veículo, que alimenta o ônibus e seus serviços auxiliares, como a iluminação interior.
O projeto piloto opera entre o Aeroporto de Genebra e o centro de exposições internacional, Palexpo, levando 3 minutos e 20 segundos para cobrir a distância de1,8 quilômetros(km). Esse é um trecho da linha de ônibus número 5, que cobre a zona internacional de Genebra e que transporta anualmente 5,63 milhões de passageiros, perfazendo 13,1 milhões de passageiros/km.

A ABB, empresa especializada em tecnologias de energia e automação, vai alimentar o primeiro sistema do mundo de carregamento rápido de alta capacidade para ônibus elétrico. A empresa anunciou durante evento realizado em Genebra que está trabalhando em conjunto com a empresa de transporte público da cidade (TGP), a Office for the Promotion of Industries and Technologies (OPI) e a concessionária de eletricidade de Genebra SIG, no projeto-piloto do sistema de ônibus elétrico TOSA (Otimização de Alimentação do Sistema de Trólebus).


Pela primeira vez, ônibus elétricos de grande capacidade, que transportam aproximadamente 135 passageiros, usarão tecnologia de carga rápida. Os veículos serão alimentados diretamente, em pontos selecionados com uma carga rápida de 15 segundos, enquanto os passageiros entram e saem do ônibus, usando um novo tipo de carregamento automático.


"Através do rápido carregamento, somos capazes de operar uma nova geração de ônibus elétricos para o transporte urbano de massa, que já não se utiliza de linhas aéreas", disse o responsável interino de pesquisa e desenvolvimento da ABB, Claes Rytoft. "Esse projeto irá pavimentar o caminho da mudança para uma infraestrutura de transporte público mais flexível e econômico, com baixos níveis de ruído e de emissão de poluentes”.


A TOSA é uma solução que não emite Co2, já que a eletricidade utilizada provém inteiramente de energia hidrelétrica limpa. O tempo de carregamento é tão rápido que não interfere no horário do ônibus e melhora o ambiente urbano e a paisagem, pois não usa linhas aéreas, proporcionando maior flexibilidade da rota. O sistema utiliza um braço controlado por laser, que se conecta a uma tomada aérea para carregamento nos abrigos de ônibus, ao invés das alavancas usuais das linhas aéreas.


A tecnologia de  carga rápida e o equipamento de tração usados neste projeto foram desenvolvidos e otimizados pela ABB para rotas de ônibus de alta frequência nas principais áreas urbanas, que transportam um grande número de passageiros em horários de pico. As baterias de bordo podem ser carregadas em 15 segundos, com 400 quilowatts em pontos selecionados. No final da linha de ônibus uma carga ultra rápida de 3 a 4 minutos é feita para recarregar totalmente as baterias. Graças a um sistema inovador de acionamento elétrico, a energia do equipamento de carregamento montado na capota pode ser armazenada em baterias compactas, juntamente com a energia de frenagem do veículo, que alimenta o ônibus e seus serviços auxiliares, como a iluminação interior.


O projeto piloto opera entre o Aeroporto de Genebra e o centro de exposições internacional, Palexpo, levando 3 minutos e 20 segundos para cobrir a distância de1,8 quilômetros(km). Esse é um trecho da linha de ônibus número 5, que cobre a zona internacional de Genebra e que transporta anualmente 5,63 milhões de passageiros, perfazendo 13,1 milhões de passageiros/km.



Fonte: Ascom ABB
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar