acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Abastecimento de energia e combustíveis é prioridade nos EUA

31/10/2012 | 10h04

 

O governo dos Estados Unidos dará prioridade ao abastecimento de combustível e energia em todo país. A decisão foi anunciada pelo presidente norte-americano, Barack Obama, que chamou a medida de “prioridade máxima”. A passagem do Furacão Sandy pela Costa Leste do país provocou o desabastecimento de combustível principalmente nas áreas de Nova York e Nova Jersey.
O país também sofreu com a falta de energia que atingiu mais de 8 milhões de pessoas, em 15 estados norte-americanos. O assunto foi tema de conversa do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, com os representantes dos setores de energia e combustíveis no país.
Em comunicado, Obama informa as orientações transmitidas ao secretário da Energia, Stephen Chu, ao administrador da Agência Federal para a Gestão de Emergências, Craig Fugate, e aos executivos de empresas de eletricidade.
Obama disse ainda que as agências federais colaborarão com as empresas e governos estatais possam cumprir restabelecer o fornecimento. “A orientação é para que as agências eliminem qualquer burocracia que possam enfrentar as empresas e que suas equipes evitem atrasos nos esforços para a retomada do abastecimento de eletricidade”, diz a nota.
O secretário de Transportes dos Estados Unidos, Ray LaHood, disse que a agência gastou US$ 13 milhões para ajudar os estados de Nova York e Rhode Island nas ações de limpeza e reconstrução. O governo norte-americano deve repassar recursos para outras regiões do país.

O governo dos Estados Unidos dará prioridade ao abastecimento de combustível e energia em todo país. A decisão foi anunciada pelo presidente norte-americano, Barack Obama, que chamou a medida de “prioridade máxima”. A passagem do Furacão Sandy pela Costa Leste do país provocou o desabastecimento de combustível principalmente nas áreas de Nova York e Nova Jersey.


O país também sofreu com a falta de energia que atingiu mais de 8 milhões de pessoas, em 15 estados norte-americanos. O assunto foi tema de conversa do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, com os representantes dos setores de energia e combustíveis no país.


Em comunicado, Obama informa as orientações transmitidas ao secretário da Energia, Stephen Chu, ao administrador da Agência Federal para a Gestão de Emergências, Craig Fugate, e aos executivos de empresas de eletricidade.


Obama disse ainda que as agências federais colaborarão com as empresas e governos estatais possam cumprir restabelecer o fornecimento. “A orientação é para que as agências eliminem qualquer burocracia que possam enfrentar as empresas e que suas equipes evitem atrasos nos esforços para a retomada do abastecimento de eletricidade”, diz a nota.


O secretário de Transportes dos Estados Unidos, Ray LaHood, disse que a agência gastou US$ 13 milhões para ajudar os estados de Nova York e Rhode Island nas ações de limpeza e reconstrução. O governo norte-americano deve repassar recursos para outras regiões do país.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar