acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

A Opep está preocupada com preços altos, mas não pretende aumentar produção

07/03/2005 | 00h00

O presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e Ministro do Petróleo do Kwait, Sheikh Ahmad Fahad Al-Ahmad Al-Sabah, afirma estar preocupado com a alta dos preços do petróleo no último mês, mas informou que os membros do cartel não estão dispostos a aumentar a produção no próximo encontro no dia 16 de março, no Irã.
Nesta segunda feira (07/03), os preço do petróleo norte-americano superou os US$53 o barril, depois de ter aumentado mais de 18% no último mês, sinalizando que o forte crescimento da demanda e desapontando as pesquisas que previsam que o suprimento ficará sob controle este ano.
"Atualmente, a Opep está produzindo cerca de 29,5 milhões de barris por dia, o que garante que a demanda está sendo plenamente atendida e os estoques de petróleo no mundo continuam crescendo", afirma Al-Sabah em um release publicado pela Opep.
Na semana passada, quando os preços chegaram a US$ 55 em Nova Iorque, o diretor geral da Agência Internacional de Energia, Claude Mandil, disse que não seria necessário que o grupo colocasse mais petróleo no mercado.
Vários membros da Opep, entre eles Argélia, Qatar, Irã e Venezuela são contrários ao aumento de produção para ajudar os preços a baixarem. O Ministro do Petróleo da Venezuela, Rafael Ramirez atribuiu os preços altos à pouca capacidade de refino e ao dólar fraco.
Al-Sabah disse que a alta dos preços é resultado do clima frio do Hemisfério Norte, do `engarrafamento` das refinarias, da expectativa de que a demanda vai continuar alta no próximo ano, além da dificuldade dos produtores não-Opep de aumentarem a produção e do aumento do investimento em commodities por especuladores. "Tudo isso está além do controle do grupo", afirmou.



Fonte: Redação com ag. in
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar