acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Comgás

A empresa apresenta solução que viabiliza gás natural em municípios que não dispõem de gasodutos

30/03/2016 | 11h47

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) apresenta no 60º Congresso Estadual de Municípios, evento que acontece de 29 de março a 1º de abril, em Campos do Jordão, uma solução que viabiliza a chegada de gás natural a municípios por onde ainda não passa uma rede de gasodutos. A iniciativa, chamada de "Projeto Estruturante", está sendo aplicada em Campos do Jordão, primeiro município na área de concessão da Comgás a receber os benefícios desse tipo de projeto em diversos segmentos (industrial, comercial e residencial). O investimento, de cerca de R$ 80 milhões, está permitindo o atendimento da cidade sem que tenha sido necessário instalar um gasoduto interligando a rede existente em Taubaté ao município.

O "Projeto Estruturante" foi iniciado em Campos do Jordão no segundo semestre de 2015, a partir de uma parceria com a Prefeitura. A Comgás instalou uma unidade de abastecimento na entrada da cidade e começou a construir uma rede de tubulações ao longo das principais vias locais até o Capivari. O carregamento da unidade de abastecimento é feito por caminhões específicos, que transportam o gás natural comprimido (GNC) a partir de uma uma base em Itatiba. Em Campos do Jordão, o GNC é descomprimido, tem sua pressão reduzida e, na sequência, é distribuído aos clientes. Entre as aplicações do gás natural que estarão disponíveis estão a cocção, a calefação de ambientes, a geração de vapor e o aquecimento de água para banho.

"Estamos sempre buscando formas de levar gás natural a mais clientes, expandindo para outros municípios e distritos industriais, mesmo em localidades onde ainda não temos rede. E o projeto estruturante representa uma solução sob medida para atender a demandas em municípios com essas características", afirma o diretor Comercial, de Expansão e Relacionamento com o Cliente da Comgás, Marcus Bonini.

"O projeto em Campos do Jordão é muito importante para a Comgás, por permitir levar os benefícios do gás natural a uma das principais estâncias turísticas do Estado. O gás natural vai proporcionar mais segurança e comodidade para moradores, empresários e turistas, principalmente durante o inverno, já que, entre suas diversas aplicações, por exemplo, o gás natural possibilita um banho mais confortável, na temperatura adequada", acrescenta Bonini.

O diretor da Comgás apresenta nesta quarta (30/03), às 16h30, em palestra no Congresso Estadual de Municípios, mais detalhes sobre o projeto estruturante e outras soluções em energia que a Companhia vem desenvolvendo em parceria com o setor público e com a iniciativa privada.

A Comgás está construindo a rede com foco no abastecimento de indústrias, condomínios residenciais, hotéis e pousadas, além de outros estabelecimentos comerciais e do setor de serviços. No total, 18 clientes já assinaram contrato com a Companhia - seis do segmento industrial e 12 do comercial. Entre os clientes figuram nomes como a cervejaria Baden Baden, a chocolateria Cacau Show e os hotéis Serra da Estrela, Estoril e Bologna. O volume total contratado nos dois segmentos é de mais de 35.000 m³/mês.

"A Comgás planeja a construção de mais de 30 quilômetros de rede. Os trabalhos começaram na Av. Dr. Januário Miraglia, principal via de Campos do Jordão, sentido centro, e Av. Ernesto Diederichsen. Esta primeira etapa deve ser concluída dentro de 12 meses", explica o gerente do Vale do Paraíba e Alto Tietê da Comgás, Tiago Cabral.

O projeto estruturante também já foi levado para o município de Analândia, atendendo a uma demanda da Mineração Jundu, controlada pelo grupo francês Saint-Gobain. O gás natural comprimido é levado em carretas até uma estação de descompressão nas proximidades da empresa e, a partir dessa estação, chega até a planta industrial a partir de uma rede de aproximadamente 500 metros.

Estande no Congresso

A Comgás tem um estande no Congresso Estadual de Municípios. O espaço conta com 35 m2 e apresenta a nova marca da Companhia, adotada em 1º de fevereiro deste ano.

Para o o diretor de Relações Institucionais da Comgás, Carlos Eduardo de Freitas Bréscia, a participação no evento é uma oportunidade para apresentar a evolução da Companhia.

"A Comgás é integrada por um grupo de pessoas dedicadas a prestar serviços impecáveis aos nossos clientes. Entendemos que energia é muito mais do que fornecer gás natural e que temos um papel relevante ao desenvolver serviços e soluções que antecipem o futuro. Trabalhamos para ser a melhor alternativa energética para as empresas, as pessoas e a sociedade em geral", diz Bréscia.

O novo logo da Comgás foi inspirado no círculo, forma geométrica mais presente no universo do gás. O quadrado da marca anterior foi eliminado. A principal novidade é a letra "A" estilizada, que representa a chama. A escrita passou a ser em caixa baixa. As cores básicas da marca anterior - o azul e o verde - são preservadas, mas em tons mais vibrantes.

Mais do que uma mudança de logo, a nova identidade visual representa um novo posicionamento da Comgás no mercado, traduzindo os objetivos, os valores e a cultura da empresa. O posicionamento reflete a personalidade da Comgás, formada por profissionais inquietos, interessados e que buscam ser impecáveis, com uma execução sem falhas, para elevar o padrão de segurança e de tecnologia de todo o setor.

Como é a implantação da rede da Comgás

Para levar os benefícios do gás natural canalizado, a Comgás trabalha em conformidade com as normas brasileiras e com a legislação dos município. Visando minimizar os transtornos aos munícipes, as obras necessárias para instalação da rede de distribuição de gás serão realizadas pelo Método Não Destrutivo (MND).

Com este método, a Companhia abre duas valas de aproximadamente 1m x 1m, a cada 100 metros de distância uma da outra onde, por meio de um equipamento de perfuração direcional horizontal, a tubulação de gás é instalada no subsolo. Com esse método de construção não há a necessidade de abrir valas contínuas em toda extensão da via por onde passará a rede de gás, minimizando os transtornos das obras para o trânsito e munícipes.

O Método Não-Destrutivo permite a instalação da tubulação de gás com redução significativa dos efeitos no entorno da obra, pois esse método construtivo reduz o impacto no trânsito local e diminui a geração de entulhos, incluindo asfalto, rachão e outros resíduos. A redução no tempo de execução da obra é outro fator que incentiva o uso do MND pela Comgás.

Sobre o gás natural

O gás natural é um energético contemporâneo, seguro, prático e mais limpo, gerando baixa emissão de poluentes e melhorando sensivelmente as condições ambientais. Dispensando armazenamento no seu local de uso, o gás natural pode ser aplicado em diversos segmentos.

Nas residências, o uso é indicado para fogão, aquecedor de água, lareira, churrasqueira, calefação e na climatização de ambientes. Já o comércio e o setor de serviços podem utilizar o gás natural em fornos, fogões, fritadeiras, climatização e geração de energia. O gás natural também pode ser utilizado nos veículos, com o uso do Gás Natural Veicular (GNV), e nas indústrias.

Em cidades de temperaturas mais baixas, como em Campos do Jordão, o gás natural tem vantagem competitiva, por não apresentar a possibilidade de congelamento como acontece com o GLP, dispensando o uso de vaporizador.

Sobre a Comgás

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) trabalha para ser a melhor alternativa energética para as pessoas, as empresas e a sociedade, oferecendo serviços e soluções que antecipam o futuro.

Com fornecimento ininterrupto e assistência especializada 24h, a Comgás atende mais de 1,5 milhão de clientes em sua área de concessão no estado de São Paulo: a Região Metropolitana de São Paulo, a Região Administrativa de Campinas, a Baixada Santista e o Vale do Paraíba.

A Companhia possui cerca de 13 mil quilômetros de rede de distribuição em 80 municípios, abastecendo com gás natural os segmentos industrial, comercial, residencial e automotivo, além de viabilizar projetos de cogeração e fornecer gás para usinas de termogeração.

Serviço

Evento: 60º Congresso Estadual de Municípios

Local: Campos do Jordão Convention Center

Data: De 29/03 a 1º/04/2016

Programação da Comgás: Palestra de Marcus Bonini, diretor Comercial, de Expansão e Relacionamento com Cliente da Comgás - 30/03, às 16h30 (auditório do evento) e estande durante o evento (em frente ao estande do Bradesco e ao lado do estande do Governo do Estado - Detran-SP)

 



Fonte: Assessoria Comgás
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar