acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
ANP

Onze empresas pagam taxa de participação para a 1ª Rodada do pré-sal

20/09/2013 | 09h18
Onze empresas pagam taxa de participação para a 1ª Rodada do pré-sal
Ilustração TN Petróleo Ilustração TN Petróleo

 

 A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou no final da tarde de ontem (19) a lista com as 11 empresas que pagaram taxa de participação para a 1ª rodada do pré-sal, referente ao Campo de Libra, na Bacia de Santos. O leilão está previsto para o dia 21 de outubro.
Segundo a agência, dessas 11, sete estão entre as 11 com maior valor de mercado no setor. As empresas ainda terão que passar por um processo de habilitação para participar da licitação.
São elas: CNOOC International Limited (China), China National Petroleum Corporation (CNPC) (China), Ecopetrol (Colômbia), Mitsui & CO (Japão), ONGC Videsh (Índia), Petrogal (Portugal), Petrobras (Brasil), Petronas (Malásia), Repsol/Sinopec (Hispano-Chinesa), Shell (Anglo-Holandesa) e Total (Francesa). 
A área a ser licitada tem cerca de 1,5 mil quilômetros quadrados. O volume de petróleo recuperável deverá oscilar entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris. Segundo o edital, os ganhadores da licitação deverão desenvolver as atividades de exploração de petróleo por quatro anos, prazo que poderá ser estendido, como prevê o contrato de partilha de produção.
A Petrobras será a operadora única do pré-sal, pelo sistema de partilha, e terá direito a 30% do Campo de Libra.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou no final da tarde de ontem (19) a lista com as onze empresas que pagaram taxa de participação para a 1ª Rodada do pré-sal, referente ao Campo de Libra, na Bacia de Santos. O leilão está previsto para o dia 21 de outubro.


Segundo a agência, dessas onze, sete estão cotadas como mais valiosas no ranking do setor. As empresas ainda terão que passar por um processo de habilitação para participar da licitação.


São elas: CNOOC International Limited (China), China National Petroleum Corporation (CNPC) (China), Ecopetrol (Colômbia), Mitsui & CO (Japão), ONGC Videsh (Índia), Petrogal (Portugal), Petrobras (Brasil), Petronas (Malásia), Repsol/Sinopec (Hispano-Chinesa), Shell (Anglo-Holandesa) e Total (Francesa).


A área a ser licitada tem cerca de 1,5 mil quilômetros quadrados. O volume de petróleo recuperável deverá oscilar entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris. Segundo o edital, os ganhadores da licitação deverão desenvolver as atividades de exploração de petróleo por quatro anos, prazo que poderá ser estendido, como prevê o contrato de partilha de produção.


A Petrobras será a operadora única do pré-sal, pelo sistema de partilha, e terá direito a 30% do Campo de Libra.



Fonte: Redação TN/ Ascom ANP
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar